JBS tem lucro de R$ 356,7 mi no 3º tri

Reuters
A receita líquida da JBS subiu 5,6% sobre o terceiro trimestre de 2018, para R$ 52,1 bilhões

A maior processadora de carne do mundo, JBS, divulgou hoje (14) lucro líquido de R$ 356,7 milhões para o terceiro trimestre, revertendo prejuízo de R$ 133 milhões sofrido um ano antes, apoiada por maiores preços de produtos que se beneficiaram do surto de peste suína africana na Ásia.

VEJA MAIS: JBS diz que análise de listagem nos EUA está em curso

A receita líquida do grupo subiu 5,6% sobre o terceiro trimestre de 2018, para R$ 52,1 bilhões, impulsionada em parte por vendas fortes das divisões de alimentos processados Seara e de carne bovina no Brasil.

As vendas da Seara subiram 7,4%, para R$ 5,4 bilhões, com um aumento de 10% nos preços ajudando a minimizar redução de 2,3% nos volumes vendidos, informou a JBS no balanço.

A empresa também citou um crescimento de 19% na exportação de suínos da Seara. As vendas de frango e suínos da unidade para a China cresceram 46% em dólares.

Na unidade dos Estados Unidos, que inclui Austrália e Canadá, a receita líquida foi de US$ 5,6 bilhões no terceiro trimestre, expansão de 3,8% na base anual, apoiada principalmente em aumento de 3,2% nos preços enquanto os volumes ficaram praticamente estáveis.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado da JBS no terceiro trimestre foi de R$ 5,92 bilhões, salto de 33,6% sobre o mesmo período do ano passado.

Analistas, em média, esperavam Ebitda de R$ 5,42 bilhões e lucro líquido de R$ 842,95 milhões, segundo dados da Refinitiv.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).