Dólar fecha em alta ante real na 1ª sessão de 2020

Reprodução Forbes
Reprodução Forbes

O dólar terminou o dia a R$ 4,0258 na venda

O dólar subiu na primeira sessão de 2020, fechando acima de R$ 4,02 e quebrando uma série de quedas que derrubou a cotação no fim do ano passado ao menor patamar desde o começo de novembro.

O ajuste para cima ocorreu em sintonia com o movimento externo, onde a moeda também passava por correção após seguidas baixas. Um índice do dólar contra uma cesta de divisas havia caído recentemente ao menor patamar desde julho.

VEJA MAIS: Dólar ronda R$ 4,01 de olho no progresso comercial EUA-China

O início desta sessão foi de dólar entre estabilidade e leve baixa, com a moeda recuando a R$ 4,0047 na venda na mínima do dia. Mas por volta de 10h as compras ganharam tração até que, em torno de 14h, o dólar alcançou a máxima do dia (R$ 4,0418 na venda).

Às 10h foram divulgados dados que mostraram forte desaceleração na atividade do setor manufatureiro brasileiro em dezembro, esfriando um pouco o otimismo sobre recentes sinais de retomada da economia.

Profissionais do mercado têm citado as expectativas de fortalecimento da economia como um suporte à taxa de câmbio, já que tal movimento poderia atrair mais fluxo de capital – com consequente aumento da oferta de moeda no país.

A maior oferta de dólar seria bem-vinda. Números do Banco Central divulgados mais cedo apontaram que o Brasil já acumula saída líquida de pouco mais de US$ 43 bilhões em 2019 até 27 de dezembro. Isso coloca o país a caminho do pior ano para o fluxo cambial desde pelo menos 1982.

A expectativa de mais ofertas de ações em 2020 e algum alívio adicional em tensões comerciais no exterior, porém, alimentam esperanças de uma melhora no fluxo cambial. O mercado projeta taxa de US$ 4,08 ao fim de 2020, segundo a mais recente pesquisa Focus do Banco Central.

O provedor de serviços financeiros Ashika Group cita em relatório que o real está em terceiro lugar entre as moedas preferidas nos mercados emergentes para 2020, atrás apenas do rublo russo e da rupia indonésia.

Hoje (2), o dólar interbancário fechou em alta de 0,32%, a R$ 4,0258 na venda. Na B3, o dólar futuro tinha variação positiva de 0,04%, a R$ 4,0255. No exterior, o índice do dólar frente a seis rivais tinha alta de 0,43%.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).