Argentina confirma 1ª morte na América Latina de paciente com coronavírus

GettyImages/ Alexandr Sherstobitov
GettyImages/ Alexandr Sherstobitov

A vítima tinha 64 anos de idade e tinha viajado recentemente para a Europa

Um paciente diagnosticado com coronavírus morreu no sábado na Argentina, disse o Ministério da Saúde do país, a primeira vítima fatal relacionada ao vírus na América Latina.

Até o momento, outros países da região confirmaram casos, como México, República Dominicana, Equador, Paraguai, Colômbia, Chile, Peru e Brasil.

LEIA MAIS: Reguladores de mercados dos EUA iniciam planos de contingência por coronavírus

O paciente que morreu era um homem de 64 anos que voltou em 25 de fevereiro de uma viagem à Europa. Ele foi internado em um hospital na cidade de Buenos Aires, informou o ministério em comunicado.

Até sexta-feira (6), a Argentina tinha oito pessoas infectadas. Segundo o governo, todos os casos ocorreram em pessoas que viajaram recentemente para a Europa.

O covid-19 infectou cerca de 100 mil pessoas em 90 países e matou 3.400 pacientes, principalmente na China.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).