Broadway prorroga fechamento até 7 de junho devido ao coronavírus

Mike Segar/Reuters
Nova York está vazia com a recomendação para as pessoas ficarem em casa

Os teatros da Broadway, que estão entre as atrações turísticas mais visitadas da cidade de Nova York, continuarão fechados até 7 de junho devido ao surto global de coronavírus, informou um grupo da indústria hoje (8).

Os teatros baixaram as portas em 12 de março, supostamente por um mês, enquanto as autoridades faziam um apelo às pessoas a evitarem multidões. Como a crise do coronavírus persiste e a maior parte dos Estados Unidos está sendo orientada a ficar em casa, esse prazo foi ampliado.

LEIA MAIS: Mais de 1 milhão de espectadores são afetados por cancelamentos da Broadway

“Todos os espetáculos da Broadway na cidade de Nova York agora estão cancelados até 7 de junho de 2020”, disse a Liga da Broadway, que representa produtores e proprietários de teatros, em um comunicado publicado na internet.

“Quando este intervalo inesperado chegar ao fim – e não se enganem, ele terá fim – vamos voltar a nos reunir nos saguões dos bares, sentar uns ao lado dos outros em bancos de veludo e rir, chorar e comemorar em uníssono”, acrescentou o comunicado.

Entre os shows que estavam em cartaz no momento do fechamento estão sucessos como “Hamilton”, “Harry Potter e a Criança Amaldiçoada” e “O Sol é Para Todos”.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).