Os times mais valiosos da temporada 2019 da NFL

Reprodução
Dallas Cowboys encabeçam a lista pelo 13º ano consecutivo

Resumo:

  • Dallas Cowboys lideram a lista por mais um ano, com valor de US$ 5 bilhões e faturamento de US$ 950 milhões;
  • New York Giants, Los Angeles Rams, San Francisco 49ers, Chicago Bears, Oakland Raiders, Detroit Lions e Buffalo Bills e aumentaram em pelo menos 15% seu valor durante o ano passado;
  • Receitas de mídia vão desde canais de televisão e transmissões ao vivo até apostas esportivas legalizadas.

Com uma receita de US$ 950 milhões anuais, a maior entre qualquer equipe esportiva dos EUA, o Dallas Cowboys ainda é o rei da NFL, a liga de futebol americano dos EUA. O valor do time texano atingiu US$ 5,5 bilhões. É o 13º ano consecutivo em que os Cowboys são a equipe mais valiosa do futebol americano. O time ocupa o primeiro lugar no campeonato em receita de suítes, camarotes, patrocínios e eventos em estádios que não são da NFL.

LEIA MAIS: 10 jogadores mais bem pagos da NFL em 2018

Completam os cinco times mais valiosos da NFL o New England Patriots (US$ 4,1 bilhões), o New York Giants (US$ 3,9 bilhões), o Los Angeles Rams (US$ 3,8 bilhões) e o San Francisco 49ers (US$ 3,5 bilhões).

No ano passado, regras brandas de propriedade e dívida, combinadas com a expectativa de acordos de mídia muito mais lucrativos, aumentaram em 11% o valor médio das equipes da NFL, para US$ 2,86 bilhões.

Algo comum no mundo do futebol americano e que movimenta muitos milhões é a venda de times. Em 2018, o Carolina Panthers foi comprado por David Tapper por US$ 2,3 milhões, sendo a transação mais cara desde 1999. Superou o valor de US$ 1,5 milhão, fruto da compra do Buffalo Bills por Terry e Kim Pagula. Veja, no gráfico abaixo, os valores de venda dos últimos 10 times da NFL que foram adquiridos por outros:

A mídia também é uma grande fonte de receita para os times. A NFL tem acordos com Comcast, CBS Corp., Walt Disney, Fox Corp. e AT&T, que devem expirar em 2022, e rendem atualmente US$ 7,2 bilhões por temporada, em média. As perspectivas são otimistas para os próximos anos. A audiência de televisão aumentou modestamente na última temporada, depois de dois anos de queda; e a NFL dominou outras programações, capturando três dos quatro principais programas com telespectadores de 19 a 49 anos. A competição também gerou 40 dos 50 principais públicos esportivos dos EUA em 2018, o mesmo do ano anterior.

O assessor de acordos de mídia Lee Berke acredita que a próxima rodada de direitos de mídia da NFL pode quase dobrar seu valor médio. Berke aponta para um mercado muito competitivo, com todos, desde redes tradicionais como CBS, NBC, Fox e ESPN até plataformas de streaming como Apple TV, Hulu, Sony PlayStation View e DAZN entrando no jogo. A Amazon estendeu seu acordo de streaming com a NFL na última temporada, quando pagou 30% a mais e supostamente derrotou o Twitter e o YouTube. “Vai haver um frenesi”, diz o especialista.

Outro fator que deve alavancar os acordos de mídia são as apostas. Mesmo com uma colaboração oficial com a rede de cassinos Caesars Entertainment e com a plataforma de estatísticas Sportradar AG, a NFL ainda não tem parceiro exclusivamente dedicado a isso, como ligas de outros esportes nos EUA. O assessor acredita que a legalização das apostas esportivas em 12 estados também deve alavancar o valor de mídia, aumentando o tempo de audiência nas transmissões ao vivo.

A Forbes calcula a lista a partir do valor da empresa (patrimônio líquido somado a dívida líquida) e inclui o faturamento do estádio, mas não o valor do imóvel. Para equipes que construíram novas arenas, como os Rams e os Raiders, os valores foram baseados em estimativas de receita (líquida do serviço da dívida do estádio) em suas novas casas.

Veja, na galeria abaixo, os 10 times mais valiosos na NFL em 2019:

  • 10 – Philadelphia Eagles
    Valor: US$ 3,05 bilhões
    Crescimento em um ano: 11%
    Dono: Jeffrey Lurie
    Faturamento: US$ 150 milhões

  • 9 – Houston Texas
    Valor: US$ 3,1 bilhões
    Crescimento em um ano: 11%
    Dono: Janice McNair
    Faturamento: US$ 176 milhões

  • 8 – New York Jets
    Valor: US$ 3,2 bilhões
    Crescimento em um ano: 12%
    Dono: Johnson Family
    Faturamento: US$ 115 milhões

  • 7 – Washington Redskins
    Valor: US$ 3,4 bilhões
    Crescimento em um ano: 10%
    Dono: Daniel Snyder
    Faturamento: US$ 120 milhões

  • 6 – Chicago Bears
    Valor: US$ 3,45 bilhões
    Crescimento em um ano: 19%
    Dono: McCaskey Family
    Faturamento: US$ 62 milhões

  • 5 – San Francisco 49ers
    Valor: US$ 3,5 bilhões
    Crescimento em um ano: 15%
    Dono: Denise DeBartolo York, John York
    Faturamento: US$ 93 milhões

  • 4 – Los Angeles Rams
    Valor: US$ 3,8 bilhões
    Crescimento em um ano: 19%
    Dono: Stanley Kroenke
    Faturamento:US$ 30 milhões

  • 3 – New York Giants
    Valor: US$ 3,9 bilhões
    Crescimento em um ano: 18%
    Dono: John Mara, Steven Tisch
    Faturamento: US$ 142 milhões

  • 2 – New England Patriots
    Valor: US$ 4,1 bilhões
    Crescimento em um ano: 8%
    Dono: Robert Kraft
    Faturamento: US$ 240 milhões

  • 1 – Dallas Cowboys
    Valor: US$ 5,5 bilhões
    Crescimento em um ano: 10%
    Dono: Jerry Jones
    Faturamento:US$ 420 milhões

10 – Philadelphia Eagles
Valor: US$ 3,05 bilhões
Crescimento em um ano: 11%
Dono: Jeffrey Lurie
Faturamento: US$ 150 milhões

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).