Empresa de helicópteros se consolida como novo braço da Airbus

Voom, lançada em São Paulo em abril do ano passado, cresceu mais de 220% em novos usuários

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
iStock
iStock

A Voom cresceu mensalmente mais de 200% em número de viagens e 220% em novos usuários desde abril de 2017 (iStock)

Acessibilidade


A empresa norte-americana de voos de helicóptero por aplicativo Voom deixou o fundo de inovação A³, da Airbus, para integrar a Airbus Helicópteros, consolidando-se como uma nova empresa da gigante europeia de aviação.

LEIA MAIS: UNDER 30 de FORBES Brasil terá indicações online

Desde seu lançamento em São Paulo, em abril de 2017, a Voom cresceu mensalmente mais de 200% em número de viagens e 220% em novos usuários, afirmou a companhia. Procurada, a empresa não deu mais detalhes sobre os resultados, mas informou que a empresa realiza “centenas de voos por semana” na capital paulista.

“O transporte urbano terrestre e subterrâneo está atingindo seus limites e, naturalmente, a Airbus está buscando os céus para redefinir um terceiro eixo para soluções de transporte público”, disse Matthieu Louvot, vice-presidente executivo de serviços aos clientes e suporte da Airbus Helicópteros.

A Voom planeja expandir sua presença em São Paulo e entrar em outros mercados em 2018, como a capital mexicana, Cidade do México.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: