UE ameaça impor sanções contra Venezuela

União Europeia ameaça impor sanções adicionais contra Venezuela (Getty Images)
União Europeia ameaça impor sanções adicionais contra Venezuela (Getty Images)

Federica Mogherini disse em comunicado que lamenta a maneira como autoridades do governo Maduro convocaram eleições presidencial e legislativa

A União Europeia disse hoje (19) que pode impor sanções adicionais contra a Venezuela se acreditar que a democracia está comprometida no país. A medida vem depois do presidente venezuelano Nicolás Maduro convocar eleições para o próximo mês e a oposição afirmar que irá boicotar.

LEIA MAIS: Líderes latino-americanos se preparam para encontro tenso com Trump

A chefe de política externa da UE, Federica Mogherini, disse em comunicado que lamenta a maneira como autoridades do governo Maduro convocaram eleições presidencial e legislativa na Venezuela para o dia 20 de maio sem um consenso sobre as “condições para um confiável e inclusivo processo eleitoral”.

A Venezuela vive uma crise econômica e social, com milhões de pessoas sofrendo de escassez de comida e remédios, hiperinflação e crescente insegurança, que críticos dizem ser o resultado de políticas equivocadas do governo Maduro. A crise fez com que cerca de 3 milhões de pessoas fugissem do país.

Maduro, que coloca a culpa pela recessão em uma “guerra econômica” liderada pela oposição do país e pelos Estados Unidos, está concorrendo à reeleição.

A principal coalizão de oposição do país está boicotando a eleição, e os dois líderes de oposição mais populares foram proibidos de disputar a votação.

VEJA TAMBÉM: Brasil ocupa a 52ª posição em ranking dos países que mais cumprem as leis

“A União Europeia irá monitorar de perto o processo eleitoral e acontecimentos relacionados no terreno e está pronta para reagir, através de medidas apropriadas, a qualquer decisão ou ação que pode continuar a comprometer a democracia, o Estado de direito e a situação de direitos humanos no país”, acrescentou Mogherini.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).