Amazon abre escritório em Buenos Aires

Companhia pretende expandir computação em nuvem na América Latina

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:

Companhia pretende expandir computação em nuvem na América Latina

Acessibilidade


A Amazon pretende expandir as operações de computação em nuvem na América Latina, disse hoje (21) um executivo da empresa, depois que a unidade de web services da companhia ter aberto um escritório em Buenos Aires, na Argentina, no mês passado.

LEIA MAIS: Amazon abrirá lojas sem caixas em mais duas cidades

A nova filial da Amazon foi inaugurada em 8 de abril e somada aos escritórios da Amazon no Brasil, Chile, Colômbia e México, disse Teresa Carlson, vice-presidente global para o setor público. “Temos que ser parceiros da América Latina. Há muitas oportunidades, talentos incríveis. Também temos uma região de computação em nuvem no Brasil e estaremos expandindo para mais países na América Latina”, explicou.

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, se encontrou com a vice-presidente de expansão global de infraestrutura da Amazon Web Services, Elaine Feeney, no fim do ano passado e discutiu a instalação de uma central de processamento de dados da empresa na Argentina, segundo o governo argentino.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: