Cielo desiste de meta de lucro

Empresa cita ambiente competitivo e reduz remuneração a acionistas.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
Getty Images

Empresa cita ambiente competitivo e reduz remuneração a acionistas

Acessibilidade


A Cielo anunciou hoje (24) a descontinuidade de sua projeção de lucro líquido de R$ 2,3 bilhões a R$ 2,6 bilhões para 2019, e que a distribuição de dividendos e juros sobre capital próprio relativos aos segundo, terceiro e quarto trimestres ficará em 30% do lucro desses períodos.

LEIA MAIS: Cielo vai oferecer pagamento instantâneo a lojistas

“Tais decisões refletem o ambiente competitivo no qual a Cielo está inserida e que tem se tornado mais acirrado ao longo dos últimos meses, em face de ações anunciadas e implementadas por outras companhias do setor”, afirmou a empresa em fato relevante.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Compartilhe esta publicação: