BRF diz que fábrica em Abu Dhabi passa por auditoria

Região teria restringido compras de alimentos produzidos na unidade, segundo jornal

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
Divulgação
Divulgação

Auditoria vai atestar o valor agregado na produção local segundo as regras do Conselho de Cooperação do Golfo

Acessibilidade


A BRF disse hoje (9) que a fábrica da empresa em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, passa por auditoria para atestar o valor agregado na produção local, segundo as regras do Conselho de Cooperação do Golfo.

LEIA MAIS: BRF volta a registrar lucro no 2º tri e surpreende analistas

A nota da companhia segue reportagem publicada pelo “Valor Econômico” de que a Arábia Saudita restringiu drasticamente as compras de alimentos produzidos naquela fábrica.

“A empresa tem estoque suficiente na região e direciona sua produção a outros mercados do Golfo até que o fluxo comercial seja totalmente restabelecido”, afirmou a BRF, repetindo comentários já publicado pelo jornal.

Conforme a reportagem do “Valor”, citando uma fonte, oficialmente, os alimentos industrializados à base de frango feitos na unidade foram barrados depois de uma auditoria do governo.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A Arábia Saudita tem essa prerrogativa, segundo o jornal, porque a fábrica, inaugurada em 2014, foi construída com incentivos fiscais do CCG, do qual também fazem parte os Emirados Árabes Unidos, Barein, Omã, Catar e Kuwait.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: