3 melhores dicas para apresentar seu app a desenvolvedores

GettyImages/Luis Alvarez
Encontrar uma equipe dedicada e conseguir explicar a ideia do aplicativo é essencial para que o resultado agrade a todos

Os dois maiores fatores que podem levar a atrasos no desenvolvimento de aplicativos e aumento nos custos de desenvolvimento são a falta de comunicação com a equipe e a constante mudança no escopo do desenvolvimento.

LEIA MAIS: Rappi e Uber Eats apostam em tendência das “dark kitchens”

Ao longo dos anos, vi várias startups falharem antes mesmo de lançar o produto. Porém, atrasos e custos de renovação são facilmente evitáveis.

Veja na galeria a seguir 3 dicas para apresentar seu aplicativo a desenvolvedores de modo a evitar dores de cabeça:

  • 1. Não prepare um documento de especificações do projeto

    Um documento de especificações do projeto, também conhecido como documento de requisitos do produto, descreve o fluxo do seu aplicativo, lógica, recursos e especificações técnicas. Inclui tudo o que uma equipe de desenvolvimento precisa saber sobre sua ideia e suas expectativas.

    Se você é um fundador não técnico, não prepare este documento, deixe a equipe prepará-lo para você. Se você fizer isso sozinho, poderá sugerir um fluxo, lógica ou recursos que possam aumentar significativamente o escopo de desenvolvimento do produto e, portanto, os custos. Além disso, em muitos casos, não é o plano necessário para solucionar o problema que você pretende resolver com os aplicativos.

    A equipe certa fará as perguntas certas, ouvirá atentamente e traduzirá sua ideia e visão em um plano com maior probabilidade de sucesso, minimizando o tempo e o custo do desenvolvimento. Em vez de um documento de especificações do projeto, responda a estas perguntas-chave:

    Qual é o principal problema que meu aplicativo resolverá?
    Quem é meu comprador ideal?
    Quem são meus principais concorrentes?
    Como meu aplicativo será diferente das soluções existentes?
    Qual é a suposição mais arriscada da minha ideia?
    Que progresso fiz até agora?
    Onde vejo meu aplicativo nos próximos cinco meses? Qual é a minha visão?

    Respostas detalhadas a essas perguntas são tudo o que uma equipe de desenvolvimento precisará para obter uma imagem clara do problema, solução e plano.

  • 2. Crie um wireframe

    Além de responder às perguntas acima, uma das melhores maneiras de transmitir claramente sua ideia aos membros da equipe é por meio de wireframes de aplicativos. Existem muitas ferramentas na internet que podem ajudá-lo a criar rapidamente wireframes para sua ideia. Na verdade até desenhar as páginas principais em um pedaço de papel é suficiente para transmitir sua visão para o aplicativo. Lembre-se, o objetivo é contar sua história da maneira mais clara possível, para não impor um escopo de desenvolvimento.

    Na sua apresentação, certifique-se de esclarecer que os wireframes são apenas para fins explicativos. A equipe deve transformar sua visão em uma interface e experiência que melhor atenda ao usuário.

  • 3. Trabalhe com programadores com mente empreendedora

    Mais importante ainda, nenhuma das duas etapas acima importa sem a equipe certa. Você quer que alguém lhe diga como minimizar os custos criando apenas os principais recursos? Você quer que alguém lhe mostre quais são esses recursos principais e como encantar o usuário? Você deseja que alguém crie um plano de desenvolvimento claro e garanta que o projeto não fique atrasado ou exceda o orçamento? Contrate programadores com mente empreendedora.

    Programadores com experiência no assunto ajudarão você a criar uma startup, não apenas um aplicativo. Existem dezenas de milhares de ótimos aplicativos sem um único cliente pagador e existem milhares de aplicativos que funcionam e têm designs ok, mas têm muitos usuários pagantes.

    Se você entrou em contato com uma pessoa ou equipe com uma lista de recursos e recebeu uma cotação imediatamente, considere isso como um sinal de que esse não é o parceiro certo. Programadores certos desafiarão suas suposições e planos, mesmo que isso reduza o escopo de seu envolvimento e, portanto, sua renda. O melhor de tudo é que a criação de um plano de ação significa que eles entendem o projeto, o que minimiza as chances de falhas em sua startup devido a problemas de comunicação e mal-entendidos.

    Esse período inicial de planejamento e criação de escopo pode levar algum tempo, especialmente se incluir informações sobre o mercado e sugestões de lançamento de startups para validação e vendas. O roteiro é essencial para qualquer novo empreendimento, pois prevê erros caros, como a criação de um aplicativo que ninguém usa.

    Por fim, um dos tópicos mais discutidos sobre a contratação de programadores para criar uma ideia de aplicativo de startup está relacionado ao medo de revelar muito sobre a ideia de que alguém possa copiá-la. Na minha opinião, e com base em uma década construindo startups, os empreendedores devem compartilhar sua ideia com o maior número possível de pessoas.

    Embora alguém possa copiá-la tecnicamente, é provável que ninguém a transforme em um negócio de sucesso. A razão é que as ideias representam uma pequena parte da equação de sucesso da startup. Sem longevidade, uma boa equipe, financiamento e dedicação do empreendedor, elas são inúteis. Quando você hesita em compartilhar sua ideia, está apostando que a outra pessoa está disposta a levar os próximos 5 a 10 anos da vida e muitos recursos para torná-la um sucesso. Não tenha medo de compartilhar sua visão com o mundo.

1. Não prepare um documento de especificações do projeto

Um documento de especificações do projeto, também conhecido como documento de requisitos do produto, descreve o fluxo do seu aplicativo, lógica, recursos e especificações técnicas. Inclui tudo o que uma equipe de desenvolvimento precisa saber sobre sua ideia e suas expectativas.

Se você é um fundador não técnico, não prepare este documento, deixe a equipe prepará-lo para você. Se você fizer isso sozinho, poderá sugerir um fluxo, lógica ou recursos que possam aumentar significativamente o escopo de desenvolvimento do produto e, portanto, os custos. Além disso, em muitos casos, não é o plano necessário para solucionar o problema que você pretende resolver com os aplicativos.

A equipe certa fará as perguntas certas, ouvirá atentamente e traduzirá sua ideia e visão em um plano com maior probabilidade de sucesso, minimizando o tempo e o custo do desenvolvimento. Em vez de um documento de especificações do projeto, responda a estas perguntas-chave:

Qual é o principal problema que meu aplicativo resolverá?
Quem é meu comprador ideal?
Quem são meus principais concorrentes?
Como meu aplicativo será diferente das soluções existentes?
Qual é a suposição mais arriscada da minha ideia?
Que progresso fiz até agora?
Onde vejo meu aplicativo nos próximos cinco meses? Qual é a minha visão?

Respostas detalhadas a essas perguntas são tudo o que uma equipe de desenvolvimento precisará para obter uma imagem clara do problema, solução e plano.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).