Dona da OLX compra unidade de classificados do eBay por US$9,2 bi

Transação cria o maior grupo de classificados do mundo.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Dona da OLX compra unidade de classificados do eBay por US$9,2 bi
Dona da OLX compra unidade de classificados do eBay por US$9,2 bi

eBay vai receber 2,5 bilhões de dólares em dinheiro e 540 milhões em ações da Adevinta

Acessibilidade


O eBay fechou acordo para vender sua unidade de classificados para a norueguesa Adevinta em um negócio avaliado em us$ 9,2 bilhões e que cria o maior grupo de anúncios classificados do mundo.

A Adevinta detém marcas como a OLX, no Brasil, e a francesa Leboncoin, além de dezenas de operações na Europa, Américas e Norte da África.

VEJA TAMBÉM: Minerva cria área de inovação que inclui e-commerce e venture capital

O eBay vai receber US$ 2,5 bilhões em dinheiro e US$ 540 milhões em ações da Adevinta, o que tornará a companhia norte-americana maior acionista do grupo norueguês, com uma participação de 44%.

“A Adevinta se torna a maior empresa de classificados do mundo, com um porfólio único de marcas de marketplaces”, disse o presidente-executivo da Adevinta, Rolv Erik Ryssdal.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A companhia combinada terá presença em 20 países, com a Europa sendo o maior mercado. A receita estimada é de US$ 1,8 bilhão e o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização é de quase US$ 600 milhões.

E AINDA: Forbes promove primeiro webinar sobre Saúde Mental nas empresas. Participe

Ryssdal disse que a crise do coronavírus impulsionou markeplaces online e alguns sites da Adevinta receberam mais tráfego em junho que no mesmo período do ano passado, se recuperando da forte queda registrada em março.

As ações da Adevinta, que se separou da companhia nórdica de mídia Schibsted e foi listada na bolsa de Oslo no ano passado, saltaram quase 40% depois que os negócios foram retomados. As ações da Schibsted subiram cerca de 20%. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: