Governo britânico decide proibir Huawei em rede 5G do Reino Unido

Operadores não poderão comprar componentes da chinesa a partir do final deste ano e foram instruídos a remover todos os equipamentos existentes até 2027.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Matthew Childs/Reuters
Matthew Childs/Reuters

Empresas terão que remover todos os equipamentos existentes fabricados pela Huawei da rede 5G até 2027

Acessibilidade


O governo do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, proibirá a Huawei na rede 5G do Reino Unido, ordenando que as empresas de telecomunicações removam seus equipamentos até 2027, disse hoje (14) o secretário de mídia Oliver Dowden.

Os operadores não poderão comprar componentes 5G da Huawei a partir do final deste ano e foram instruídos a remover todos os equipamentos existentes fabricados pela gigante de telecomunicações chinesa da rede 5G até 2027.

VEJA TAMBÉM: Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, e fique por dentro de tudo sobre empreendedorismo

“O NCSC (Centro Nacional de Segurança Cibernética) informou agora aos ministros que eles mudaram significativamente sua avaliação de segurança da presença da Huawei na rede 5G do Reino Unido”, disse Dowden à Câmara dos Comuns após Johnson presidir uma reunião do Conselho de Segurança Nacional britânico. (Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: