Ryan Reynolds vende sua marca de gin por US$ 610 milhões para a Diageo

Reprodução
Reprodução

De acordo com os termos do novo acordo, o ator manterá uma participação acionária

O grupo empresarial de bebidas Diageo anunciou hoje (17) a compra da Davos Brands por um valor que pode chegar a US$ 610 milhões. Essa soma colossal inclui um pagamento inicial de US$ 335 milhões, com o restante dependendo do desempenho da marca na próxima década.

O portfólio completo que está sendo adquirido inclui marcas como Astral Tequila, Sombra Mezcal e TYKU Sake. Mas, para os consumidores, a mais familiar é a Aviation American Gin, que alcançou amplo reconhecimento em 2018, depois que o galã de Hollywood Ryan Reynolds comprou uma participação não revelada da marca. De acordo com os termos do novo acordo, o ator manterá uma participação acionária, embora os detalhes exatos não tenham sido confirmados.

Leia mais: Funcionários de cabine da Lufthansa chegam a acordo sobre corte de gastos

Em nota oficial divulgada pela Diageo, Reynolds diz: “Há pouco mais de dois anos, me tornei dono da Aviation Gin porque adoro o sabor da marca mais do que qualquer outra bebida. O que eu não esperava era a alegria criativa que o aprendizado de uma nova indústria traria. Fazer a marca crescer por meio da minha empresa, a Maximum Effort Marketing, está entre os projetos mais gratificantes em que já estive envolvido. Quero agradecer à Diageo por sua equipe incrível e paixão. Estamos muito animados para o próximo capítulo do Aviation Gin”.

Deixando de lado o bom humor, que é uma marca registrada de Reynolds, este é um negócio sério. O empreendimento de grande sucesso lembra a aquisição da Diageo, em 2017, de outra marca com investimento de celebridades: a Casamigos, de George Clooney. A Aviation, por sua vez, é o segundo maior fornecedor dos Estados Unidos no segmento de gin super premium. E o poder estelar de Reynolds teve muito a ver com seu rápido crescimento. Em 2019, a Aviation cresceu mais de 100% e foi responsável por 40% do crescimento do segmento de gin super premium, de acordo com dados divulgados pela Diageo.

Jesse Grant/Getty Images

A empresa já possui alguns dos nomes mais vendidos na categoria, incluindo Tanqueray e Gordon’s. Mas são de garrafas London Dry bastante tradicionais. Com esta última adição, a Diageo obviamente espera conquistar um novo público. O alvo são os millennials, atraídos pelas tonalidades mais acessíveis do chamado “New World Gin”. Isso basicamente significa menos zimbro na formulação da bebida.

Leia também: Barry Diller, presidente da IAC, investe US$ 1 bilhão em jogos de apostas online

“Estamos muito satisfeitos em anunciar esta operação, que apoia nossa participação no segmento de gin super premium nos Estados Unidos”, disse Ivan Menezes, presidente-executivo da Diageo. “A aquisição da Aviation American Gin e do portfólio da Davos Brands está em linha com nossa estratégia de adquirir marcas de alto crescimento com margens atraentes que sustentam nossa busca por mais participação no segmento premium. Estamos confiantes de que a Aviation continuará a moldar e impulsionar o crescimento do gin super premium na América do Norte e estamos ansiosos para trabalhar com Ryan Reynolds e a equipe de Davos Brands para acelerar o crescimento futuro.”

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).