Condição de trigo dos EUA segue em menor nível desde 96; plantio de milho vai a 14%, diz USDA

Compartilhe esta publicação:

Por Julie Ingwersen

Acessibilidade


CHICAGO (Reuters) – O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês) avaliou nesta segunda-feira que 27% da safra de trigo de inverno do país estava em condição boa a excelente, patamar inalterado em relação à semana anterior, mas o menor para esta época do ano desde 1996, com a seca no cinturão das Planícies.

O número ficou um pouco abaixo da estimativa citada em uma pesquisa com analistas feita pela Reuters. Em média, 13 analistas esperavam que o governo classificasse 28% da safra como boa a excelente, com estimativas variando de 25% a 30%.

As classificações de bom a excelente para o trigo de inverno na 17ª semana do ano ficaram abaixo de 30% apenas duas outras vezes nos registros do USDA que datam do final da década de 1980, incluindo 27% em 1996 e 23% em 1989.

A redução da oferta global de grãos e a invasão da Ucrânia pela Rússia, ambos grandes exportadores de trigo, mantiveram o foco nas perspectivas de produção de trigo dos EUA. Em 26 de abril, cerca de 69% do trigo de inverno dos EUA estava em uma área com seca, disse o governo em um relatório separado.

No Meio-Oeste, as condições frias e úmidas continuaram a limitar o plantio de milho e soja. O USDA disse que a semeadura da safra de milho dos EUA estava 14% concluída até domingo, ficando atrás da estimativa média dos analistas de 16% e bem atrás da média de cinco anos de 33%.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O plantio de soja nos EUA foi 8% concluído, correspondendo às expectativas do mercado, mas abaixo da média de cinco anos de 13%.

Compartilhe esta publicação: