Dúvidas de LinkedIn: veja como como fazer a rede social funcionar para você

Getty Images / Kiyoshi Hijiki
Quando utilizado corretamente, o LinkedIn permite que se gaste menos tempo na plataforma a fim de obter melhores resultados profissinaois

Resumo:

 

  • O número de adesão de usuários se aproximando de um bilhão, evidencia que, quando utilizado de forma correta, o LinkedIn é a ferramenta de desenvolvimento de carreira mais poderosa;
  • Embora alguns considerem a rede social sobrecarregada de conteúdo, uma perda de tempo ou confusa, existem estratégias para otimizar seu uso a fim de obter melhores resultados profissionais;
  • Ser encontrado pelas pessoas certas, causar uma primeira impressão impactante e manter-se informado são três áreas de desenvolvimento de carreira nas quais o LinkedIn fornece um serviço incomparável.

Com um número de adesão de usuários se aproximando de um bilhão, o LinkedIn é a ferramenta de desenvolvimento de carreira mais poderosa, quando utilizado corretamente. No entanto, muitas pessoas dizem achar a rede social muito abrangente, uma perda de tempo ou confusa. Neste artigo, compartilharei meus segredos para fazer o LinkedIn funcionar, de fato, e permitir que você gaste menos tempo na plataforma, a fim de obter melhores resultados para sua carreira.

VEJA MAIS: 6 dicas do LinkedIn para melhorar seu marketing dentro da plataforma

Existem três áreas de desenvolvimento de carreira nas quais o LinkedIn fornece um serviço incomparável:

  • 1. Ser encontrado

    Existem oportunidades escondidas por aí. Quando você otimiza seu perfil para exaltar sua marca pessoal única, pode ser encontrado pelas pessoas que precisam conhecê-lo, como repórteres em busca de personagens, parceiros de negócios à procura de exatamente o que você tem a oferecer e profissionais qualificados que desejam trabalhar em sua equipe.

    O segredo é destacar as palavras-chave em seu perfil. Primeiro, conheça aquelas relevantes tanto para a sua ocupação atual como para a que você pretende assumir futuramente. Em seguida, verifique se seu perfil está repleto dessas palavras-chave e preste atenção especial ao seu título. Acredita-se que este seja um ingrediente importante na maneira como o algoritmo de pesquisa do LinkedIn exibe resultados. É assim que se cria um acaso planejado. Você não é capaz de saber quais oportunidades inspiradoras e gratificantes podem estar por aí, mas pode se tornar um imã para atraí-las.

  • 2. Causar uma primeira impressão impactante

    Devido ao fato de tudo relacionado à carreira, atualmente ser digital, sua primeira impressão também se tornou online. Quando profissionais querem saber sobre você no que diz respeito a uma capacidade profissional, vão direto ao LinkedIn ou pesquisam no Google. Mesmo se eles começarem com a ferramenta de pesquisa, acabarão no seu perfil do LinkedIn. Esta é uma ótima notícia, uma vez que, se você focar em apenas uma ferramenta (como o seu perfil do LinkedIn), poderá criar uma primeira impressão poderosa, que alcance um público amplo. Além disso, o formato que o LinkedIn criou para o seu perfil é ideal para mostrar ao mundo sua marca pessoal autêntica, diferenciada e atraente.

    Como sua conta é usada para a sua avaliação, é necessário criar uma primeira impressão altamente eficaz, que seja consistente com a maneira como as pessoas se conectam a você no mundo real. Os quatro elementos mais importantes são a foto do perfil, a descrição, o resumo e as competências.

    O primeiro quesito o torna real no mundo virtual. Então, invista em uma foto de perfil profissional e corte a imagem para que 60% a 80% do quadro, seja o seu rosto. Não se esqueça de sorrir, pois trata-se de uma mensagem de boas-vindas universal.

    Seu resumo (agora chamado de “Sobre”) deve ser a combinação perfeita de humanização e experiência. Você precisa provar a sua realização de modo a demonstrar que é humano e agradável. Há muito espaço para fornecer todos os detalhes sobre seu histórico de trabalho na seção “Experiência”, portanto, use seu resumo para atrair os usuários a conhecer você.

    Sua descrição ajuda a comunicar relevância. Você deve dizer às pessoas o que faz, para quem faz e como faz. Precisa ser mais interessante do que apenas um cargo. Executivos de publicidade gastam 80% do tempo escrevendo slogans dos anúncios e apenas 20% no restante porque sabem o quão importante é essa frase concisa para atrair o leitor.

    Seu perfil do LinkedIn mostra aos usuários as três principais competências pelas quais você foi admitido. Quando alguém verifica seu perfil, essas habilidades devem refletir os três aspectos em que se destaca como o melhor. Certifique-se também de que essas habilidades estejam no cruzamento da autenticidade (você realmente as possui) e da aspiração (indicando que você está pronto para o que vem a seguir).

  • 3. Manter-se informado

    Todos sabemos que o mundo acelerou. Portanto, manter-se atualizado sobre o que está acontecendo é essencial e desafiador neste novo local de trabalho. O LinkedIn reconheceu isso e adicionou muitos recursos para ajudá-lo a acompanhar as notícias, para que você possa se manter em uma boa posição e continuar inovando.

    Se checar seu feed todos os dias, provavelmente encontrará um conteúdo valioso que pode ajudá-lo a fazer melhor seu trabalho ou se tornar um novo conhecimento para uma próxima reunião. O desafio é que há tanta informação (de acordo com o Omnicore, um milhão de usuários já publicaram um artigo no LinkedIn), que a tentativa de encontrar o conteúdo certo para você, se torna um trabalho de período integral. Para resolver a confusão e chegar ao que é importante, faça o seguinte:

    Classifique o feed por “mais recente”. Isso fornecerá, em primeiro lugar, o conteúdo mais atualizado, portanto, se você se engajar regularmente, não perderá nada nem verá as mesmas informações repetidamente.

    Selecione as hashtags certas para seguir. Esteja consciente sobre o tipo de conteúdo que deseja ver e verifique se essas são as hashtags no seu radar (e no seu perfil).

    Desobstrua seu feed, pois ele inclui todo o conteúdo e atualizações que suas conexões compartilham. Apenas parte disso é valiosa para você. É possível também ter alguns contatos que parecem publicar novas informações no LinkedIn a cada hora. Para eliminar o conteúdo que não vale a pena, você pode deixar de seguir determinadas conexões. Ao fazer isso, permanecerá conectado, mas seu feed não estará sobrecarregado de postagens desses usuários. E não se preocupe, o LinkedIn não informará a eles que você os deixou de seguir.

1. Ser encontrado

Existem oportunidades escondidas por aí. Quando você otimiza seu perfil para exaltar sua marca pessoal única, pode ser encontrado pelas pessoas que precisam conhecê-lo, como repórteres em busca de personagens, parceiros de negócios à procura de exatamente o que você tem a oferecer e profissionais qualificados que desejam trabalhar em sua equipe.

O segredo é destacar as palavras-chave em seu perfil. Primeiro, conheça aquelas relevantes tanto para a sua ocupação atual como para a que você pretende assumir futuramente. Em seguida, verifique se seu perfil está repleto dessas palavras-chave e preste atenção especial ao seu título. Acredita-se que este seja um ingrediente importante na maneira como o algoritmo de pesquisa do LinkedIn exibe resultados. É assim que se cria um acaso planejado. Você não é capaz de saber quais oportunidades inspiradoras e gratificantes podem estar por aí, mas pode se tornar um imã para atraí-las.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).