Alexa, da Amazon, será mordomo em hotéis Marriott

Assistente virtual vai ajudar na prestação de serviços aos hóspedes.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
Reuters

A assistente virtual Alexa ajudaria na prestação de serviços que vão desde pedir atendimento no quarto até solicitar profissionais de limpeza ou concierge sem pegar o telefone

Acessibilidade


A Amazon.com informou hoje (19) que formou uma parceria com a Marriott International para ajudar a aumentar o acesso de visitantes a facilidades com a Alexa, por meio de seu dispositivo controlado por voz Echo, em uma tentativa de expandir sua presença na indústria hoteleira.

LEIA MAIS: 6 dispositivos compatíveis com Alexa para sua casa

A assistente virtual Alexa ajudaria na prestação de serviços que vão desde pedir atendimento no quarto até solicitar profissionais de limpeza ou concierge sem pegar o telefone.

A empresa disse que a parceria começará neste trimestre em propriedades selecionadas da rede Marriott e que o serviço estará disponível por convite para outras cadeias de hotéis.

Várias matérias da mídia disseram que a Marriott havia testado tanto a assistente virtual da Apple, a Siri, quanto a Alexa, da Amazon, para selecionar o que seria mais adequado para seus estabelecimentos.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A Marriott não comentou especificamente sobre a Apple, mas disse que tem “ótimos relacionamentos com várias empresas de tecnologia e está sempre aberta para explorar oportunidades de inovar e melhorar a experiência do hóspede”.

VEJA TAMBÉM: Norte-americana descobre que Alexa tem mente própria

A Amazon nunca divulgou o número exato de vendas de seus dispositivos Echo. No entanto, a empresa afirmou em janeiro que vendeu “milhões” de unidades e que o Echo Dot foi o produto mais vendido entre os membros Prime.

A decisão da empresa de se associar a hotéis é outra estratégia para atrair mais usuários.

Compartilhe esta publicação: