Destaques de IA na Consumer Electronics Show

Getty Images
A IA realmente está dominando o mundo

Inteligência artificial (IA) foi definitivamente o tema dominante na feira de eletrônicos CES (Consumer Electronics Show) 2019. Segundo uma palestra do presidente e diretor técnico da LG, Dr. I.P. Park, essa tecnologia é uma oportunidade de dar início ao próximo capítulo do progresso humano.

LEIA MAIS: 5 previsões de inteligência artificial para 2019

Sim, é algo a se pensar. A IA realmente está dominando o mundo. Basta observar que a Amazon informou recentemente que mais de 100 milhões de dispositivos Alexa foram vendidos.

Sendo assim, quais foram os destaques da CES, que contou com 180 mil participantes, em quase 270 mil metros quadrados, repletos de expositores, em Las Vegas? Veja na galeria de fotos abaixo:

  • Monitoramento 3D

    As empresas Intel e Alibaba anunciaram uma parceria para permitir o monitoramento em tempo real de atletas. A tecnologia, que é baseada em processadores Intel Xeon Scalable de inteligência artificial, cria a malha 3D de uma pessoa, capturando dados biomecânicos em tempo real. Vale notar que não há necessidade de o atleta usar sensores. A IA e os sistemas de visão computadorizados processarão os dados digitais. As companhias apresentarão essa tecnologia nos Jogos Olímpicos de Tóquio do ano que vem.

    “Essa tecnologia tem um potencial incrível como ferramenta para o treinamento de atletas, e é esperado que seja uma divisora de águas para a experiência dos fãs nas Olimpíadas, criando uma maneira totalmente nova para as emissoras analisarem, dissecarem e reexaminarem os destaques durante replays instantâneos”, comenta o vice-presidente executivo da Intel, Navin Shenoy.

  • IA para a sua boca

    A Oral-B apresentou sua nova criação: a escova de dentes elétrica Genius X. Como o próprio nome indica, ela tem sistemas de IA embutidos, focados em monitorar os estilos de escovação de uma pessoa, a fim de fornecer um feedback personalizado. O dispositivo chegará aos mercados em setembro deste ano.

  • Banheiro conectado

    A empresa Baracoda Group vê diversas oportunidades no campo da IA. É por isso que aprimorou sua plataforma CareOS, que usa IA, realidade aumentada (AR), reconhecimento facial e de objetivos “4D”, para criar um espelho interativo. Chamado Artemis, o item conta com ferramentas interessantes, como:

    Teste de acuidade visual, que monitora as alterações em sua visão.

    Monitor de realidade aumentada. Com ele, você pode aplicar digitalmente produtos de beleza como batom e delineadores.

    Tutoriais de realidade aumentada. Com eles, você recebe orientações na hora de fazer penteados, maquiagem e assim em diante.

    Comandos de voz, que permite “conversar” com o espelho para mudar a luminosidade, o ângulo e ajustar as configurações do chuveiro.

    O Artemis chegará ao mercado no segundo semestre deste ano. No entanto, o dispositivo não será barato, com preço previsto de US$ 20 mil.

  • Robô fofo

    Inteligência artificial é a chave para o funcionamento de muitos robôs. No entanto, há certo problemas, afinal, os robôs estão geralmente longe de serem realistas por causa de seus movimentos rígidos e exteriores metálicos.

    Mas a empresa Groove X teve uma ideia diferente e desenvolveu o Lovot, um robô que se parece com um ursinho de pelúcia. Pense nele como um substituto para o seu animal de estimação.

    Há um pouco de engenharia dentro do Lovot, que conta com mais de 50 sensores e tem um grande potencial de aprendizado (a Groove X chama a tecnologia de “robótica emocional”). Basicamente, o foco é trazer o poder do amor para as máquinas.

    O Lovot tem lançamento previsto para 2020, pelo preço de US$ 3 mil.

  • Identidade de voz

    Continua a haver muita inovação nesta categoria. Um exemplo disso foi o novo lançamento da empresa Pindrop: uma plataforma de identidade de voz para casas/escritórios inteligentes e carros conectados. Com essa tecnologia, você não precisa mais usar códigos PIN para obter acesso às suas contas ou dispositivos. Em vez disso, a plataforma poderá fornecer autenticação instantânea no momento em que você começar a falar.

Monitoramento 3D

As empresas Intel e Alibaba anunciaram uma parceria para permitir o monitoramento em tempo real de atletas. A tecnologia, que é baseada em processadores Intel Xeon Scalable de inteligência artificial, cria a malha 3D de uma pessoa, capturando dados biomecânicos em tempo real. Vale notar que não há necessidade de o atleta usar sensores. A IA e os sistemas de visão computadorizados processarão os dados digitais. As companhias apresentarão essa tecnologia nos Jogos Olímpicos de Tóquio do ano que vem.

“Essa tecnologia tem um potencial incrível como ferramenta para o treinamento de atletas, e é esperado que seja uma divisora de águas para a experiência dos fãs nas Olimpíadas, criando uma maneira totalmente nova para as emissoras analisarem, dissecarem e reexaminarem os destaques durante replays instantâneos”, comenta o vice-presidente executivo da Intel, Navin Shenoy.

 

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).