Primeira reforma de Bolsonaro será a da Previdência

Segundo líder do PSL, mudança é prioridade do novo governo.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:

Waldir destacou que o governo buscará ter um diálogo com os parlamentares e que eles terão de votar pelo Brasil

Acessibilidade


O líder do PSL na Câmara dos Deputados, Delegado Waldir (GO), disse hoje (1) que a reforma da Previdência será a primeira a ser feita pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL), seguida pela reforma tributária.

LEIA MAIS: Bolsonaro toma posse como presidente para mandato até 2022

“Pensamos que a primeira reforma sem dúvida nenhuma é a da Previdência. Depois a tributária. Penso que essas são as prioridades do novo governo, formar a base para que sejam votadas essas mudanças, que não são para o PSL, são para o país”, disse ele pouco antes da cerimônia de posse de Bolsonaro, que é do PSL, na Presidência da República.

“Os governadores dos Estados, os prefeitos, estão desesperados, com as contas estouradas, alguns não pagaram funcionalismo e nós queremos trabalhar para que aconteçam essas mudanças”, completou o líder, em rápida entrevista à imprensa na chegada ao plenário da Câmara, onde Bolsonaro será empossado.

Waldir destacou que o governo buscará ter um diálogo com os parlamentares e que eles terão de votar pelo Brasil. Segundo ele, quem não seguir essa linha terá futuramente “problemas” com as urnas.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O líder do PSL citou ainda que a equipe de Bolsonaro e o próprio novo presidente já se reuniram com cerca de 300 parlamentares durante a transição e que o novo chefe do Executivo buscará ter uma nova relação com o Congresso Nacional.

Já está no disponível no aplicativo ForbesBrasil a edição 64 com a lista Under30.
Baixe o app na Play Store ou na App Store.

Compartilhe esta publicação: