FORBES Start Dia #1: precisamos falar sobre segurança alimentar

Divulgação
Primeiro dia do hub na São Paulo Tech Week terá abertura de Oliver Cunningham, sócio-líder de inovação da KPMG

A população mundial deve chegar aos 9,1 bilhões de pessoas em 2050, segundo a Organização das Nações Unidas. Neste cenário, fazendeiros terão que aumentar sua produtividade em pelo menos 70% para apoiar o aumento exponencial em demanda previsto para os próximos anos.

A segurança alimentar é uma das maiores ameaças à humanidade e há um senso de urgência entre os atores do setor para endereçar esse problema. Ao mesmo tempo, há um clima de otimismo entre produtores, governo, empresas, startups e observadores do mercado sobre o potencial de crescimento futuro da produção agrícola brasileira, as formas em que o alimento chega aos consumidores, bem como a qualidade dos itens.

O assunto dá o pontapé inicial ao FORBES Start, evento que reúne uma seleção das vozes mais influentes no assunto, com apresentações que irão retratar visões de atores em diversos pontos da cadeia campo-mesa sobre possibilidades para o presente e o futuro.

A atual conjuntura traz uma série de desafios e oportunidades, principalmente no que diz respeito à aplicação de tecnologias emergentes como inteligência artificial, machine learning e robótica na lavoura para o Brasil, exemplificada no crescimento das agtechs. Segundo a ABStartups, já existem mais de 300 startups atuando no setor.

Mais à frente na cadeia alimentar, além da porteira, existem pontos adicionais a considerar. Antes que consumidores possam acessar alimentos, itens passam por uma complexa cadeia que envolve desde agricultores e processadores até empresas de transporte e centros de distribuição até chegar aos supermercados.

Em um cenário onde alimentos atravessam o mundo e são tocados por muitos intermediários até chegar a nós, mas sem transparência, é difícil fazer com que as pessoas confiem no sistema que as serve. Como é possível usar tecnologias para transpor o desafio de transparência da cadeia de suprimentos da fazenda para o consumidor? Isso é um problema atual no Brasil ou ainda está no horizonte?

Com cidadãos cada vez mais digitalizados tendo mais opções de acesso a alimentos, como fazer com que esses produtos respondam às suas necessidades, presentes e futuras? A forma como a comida é preparada e chega até nós também tem implicações. Como os avanços tecnológicos podem garantir que todos os atores tenham visibilidade e consciência dos processo envolvidos?

O primeiro dia do FORBES Start, nesta segunda (25), a partir das 9h às 12h, terá os seguintes líderes discutindo como negócios altamente inovadores estão respondendo às novas imperativas da agricultura e alimentação. O evento inicia com uma provocação de Oliver Cunningham, sócio-líder de inovação da KPMG, sobre o tema.

O line-up de palestrantes terá Diego Barreto, CFO do unicórnio brasileiro iFood; Victor Santos, cofundador da startup de comida saudável LivUp; Juliana Glezer, coordenadora de inovação da Nestlé; e Mariana Vasconcelos, CEO e cofundadora da Agrosmart e parte da lista FORBES Under 30 de 2018.

O debate, seguido de um Q&A com o público, acontece no coworking Spaces Berrini, em São Paulo. As inscrições para o evento, gratuito e aberto ao público como parte da programação da São Paulo Tech Week (SPTW), podem ser feitas online. As apresentações e o debate serão transmitidos ao vivo pelo site da FORBES.

***

A programação do hub FORBES Start, na SPTW, continua na terça (26) e inclui um debate sobre educação e trabalho com palestras dos líderes do Nubank, Adobe, Glassdoor e Great Place to Work e WGSN. Haverá ainda um fireside chat com Daniel Arcoverde, CEO da Netshow.me. As inscrições podem ser feitas online.

O evento final, na quarta (27), terá apresentações sobre possibilidades em serviços financeiros, com executivos do C6 Bank, Ebanx, Payly e Google e Istituto Europeo di Design.

Neste último dia, haverá também um fireside chat com Gustavo Barreira, CEO da Companhia Brasileira de Cerveja Artesanal, sobre sua experiência protagonizando a mais rápida captação de equity crowdfunding no Brasil, bem como os benefícios do modelo para o desenvolvimento da empresa. O evento está com inscrições abertas.

A programação do Forbes Hub também inclui apresentações de Diego Figueredo, CEO da Nexo, consultoria de inovação e tecnologia com foco no desenvolvimento de soluções em inteligência artificial para transformação de negócios. Fernando Godoy, fundador e diretor comercial da Flex Interativa, especializada em soluções de realidade aumentada, apresentará um conceito inovador de AI e VR e novas parcerias.

Serviço:

Forbes Start
Quando: de 25 a 27 de novembro
Horários: 9h às 12h
Onde: Spaces Berrini – Rua Irmã Gabriela, 51 – Cidade Monções – São Paulo/SP

5ª São Paulo Tech Week
Quando: de 23 a 29 de novembro
Informações: www.saopaulotechweek.com

Angelica Mari é jornalista especializada em inovação há 18 anos, com uma década de experiência em redações no Reino Unido e Estados Unidos. Colabora em inglês e português para publicações incluindo a FORBES (Estados Unidos e Brasil), BBC, The Guardian e outros.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).