Intenso noticiário corporativo movimenta Ibovespa

Amanda Perobelli - REUTERS
Ibovespa sobe com exterior e carregado noticiário corporativo no Brasil

O Ibovespa ampliou alta na tarde de hoje (19) sustentado pelo otimismo no exterior com a espera por medidas de estímulo à economia da China durante a crise gerada pelo surto de Covid-19, causado pelo coronavírus, no país asiático.

Às 14h35, horário de Brasília, o índice subia 1,05% aos 116.184 pontos.

LEIA TAMBÉM: Ibovespa sobe com otimismo externo e Petrobras

Um intenso noticiário corporativo também movimenta os negócios no mercado acionário brasileiro.

No topo dos ganhos do Ibovespa, WEG que anunciou lucro líquido de R$ 1,6 bilhão em 2019, alta de 20,6% na comparação com 2018.

A valorização das ações WEGE3 era de 7,11% a R$ 47,88.

Também entre as maiores altas do índice, as ações da resseguradora IRB Brasil que corrige as fortes perdas das últimas semanas pelo questionamento da veracidade dos resultados da companhia. Para evitar novas polêmicas, duas auditorias independentes foram contratadas para aferir o balanço de 2019, a PWC e a Ernst & Young. No ano passado, a IRB teve lucro líquido de R$ 1,76 bilhão, uma alta de 44,7% na comparação com o ano anterior.

As ações IRBR3 chegaram a uma máxima perto de 7% no intraday e, à tarde, avançavam 3,94% a R$ 37,73.

Outro destaque é da JBS Frigoríficos com ações que reagem ao fato relevante publicado ontem à noite sobre a aquisição de participação acionária na Empire Packing norte-americana dentro dos planos de expansão internacional.

A valorização das JBSS3 era de 3,50% a R$ 26,60.

Mas é a Petrobras que já começa a chamar a atenção de todo o mercado antes mesmo da divulgação do balanço, prevista para hoje após o encerramento dos negócios. Os investidores têm a expectativa de um resultado melhor que em 2018.

As PETR3 ON avançavam 1,31% a R$ 32,35 e as PETR4 PN subiam 1,38% a R$ 30,15.

O CADE anunciou o arquivamento do recurso do Ministério Público Federal contra a decisão que aprovava a fusão entre Embraer e Boeing. Agora, a operação foi aprovada em definitivo.

As ações EMBR3 tinham alta de 1,39% a R$ 19,03 e as ações da Boeing, listadas na NYSE, apresentavam valorização de 0,54% a US$ 340,72.

No câmbio, o dólar segue sustentando valorização em relação ao real com alta de 0,33% a R$ 4,37. O euro subia 0,40% a R$ 4,71.

****

Luciene Miranda é jornalista especializada em Economia, Finanças e Negócios com coberturas independentes na B3, NYSE, Nasdaq e CBOT

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).