Greta Thunberg planeja doar prêmio de € 1 mi para causas ambientais e ajuda a índios na Amazônia

Johanna Geron/Reuters
Johanna Geron/Reuters

Greta Thunberg disse que o prêmio era “mais dinheiro do que eu posso sequer começar a imaginar”

A ativista adolescente sueca Greta Thunberg disse ontem (20) que vai doar € 1 milhão de um prêmio que ganhou para grupos que lutam contra as mudanças climáticas e defendem a natureza.

Os primeiros projetos a serem beneficiados da conquista do Prêmio Gulbenkian para Humanidade por Greta são um de assistência médica para comunidades indígenas na Amazônia que lutam contra a pandemia de coronavírus e uma iniciativa para tornar o “ecocídio” um crime internacional.

LEIA MAIS: Forbes promove primeiro webinar sobre Saúde Mental nas empresas. Participe

A adolescente de 17 anos disse em um vídeo publicado em seu Instagram que o prêmio era “mais dinheiro do que eu posso sequer começar a imaginar” e disse esperar que isso a ajudasse a “fazer mais bem no mundo”.

“Todo o dinheiro do prêmio será doado pela minha fundação a diferentes organizações e projetos que estão trabalhando para ajudar pessoas nas linhas de frente afetadas pelas crises climática e ecológica, especialmente no Sul Global”, disse.

Uma das primeiras duas doações de Thunberg de € 100 mil irá para a SOS Amazônia, uma campanha de financiamento coletivo lançada em junho para comprar suprimentos médicos e oferecer serviços de telemedicina para residentes na Amazônia brasileira.

A segunda irá apoiar a Fundação Stop Ecocide, que atualmente faz lobby para que o Tribunal Penal Internacional, baseado em Aia, na Holanda, indicie pessoas responsáveis por destruição em grande escala do mundo natural.

VEJA TAMBÉM: Greta Thunberg entra para a lista Forbes das Mulheres Mais Poderosas do Mundo 2019

Thunberg foi selecionada a partir de 136 nomeados em 46 países para o prêmio, lançado pela Fundação Calouste Gulbenkian, uma organização filantrópica portuguesa.

O prêmio anual tem o objetivo de reconhecer pessoas e grupos em todo mundo cujas contribuições para mitigar e se adaptar às mudanças climáticas se destaquem por conta de inovação e impacto. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).