Hélio Rotenberg, da Positivo: “A crise gerada pela Covid-19 é distinta de todas já vivenciadas nos 31 anos da companhia”

Divulgação
Divulgação

Hélio Rotenberg, da Positivo: exercício da empatia, resiliência e determinação com as equipes

“Temos um escritório na China e quando o novo coronavírus surgiu percebemos a gravidade, com alarmante taxa de contágio e velocidade de disseminação. Antes mesmo da OMS declarar estado de pandemia, já percebíamos as chances de efeitos nos negócios diante da possibilidade de atraso no fornecimento de componentes de informática fabricados na China. Felizmente, a situação foi normalizada e seguimos a produção em nossas fábricas.

Por outro lado, o número de casos de pessoas infectadas continuava crescendo e o cenário em outros países mostrava a gravidade e urgência de ações para proteger nossas famílias, funcionários e comunidade.

LEIA TAMBÉM: Victor Lazarte, da Wildlife, sobre a pandemia: “Levamos toda a nossa vida para o mundo digital e nos demos conta de que funciona”

Nossa primeira reação foi preservar a saúde das pessoas. Implementamos uma série de iniciativas que vão desde protocolos sanitários mais rígidos nas linhas de produção, a prática do trabalho remoto pelas áreas administrativas e reuniões diárias dos comitês de crise. Paralelamente, buscamos a normalidade dos negócios para atender à demanda de soluções consideradas ainda mais essenciais nesta pandemia: as ferramentas de tecnologia de comunicação. Não medimos esforços para manter a produção e a logística de entrega. Antecipamos, inclusive, o lançamento de dois notebooks da marca Vaio.

Nossas atitudes foram voltadas também para o benefício da sociedade. Foi quando, em esforço conjunto com a Suzano, Klabin, Flex, Fiat Chrysler, White Martins e Embraer, participamos de uma força-tarefa para ajudar a fabricante brasileira Magnamed a aumentar a capacidade de produção de ventiladores pulmonares. Nossa responsabilidade no projeto consiste na compra dos componentes da placa mãe, essencial para o funcionamento de ventiladores, além de outros itens como válvulas e transdutores, escassos no mundo todo. Seguimos firmes no projeto, que já entregou quase 3 mil unidades ao Ministério da Saúde.

A crise gerada pela Covid-19 é distinta de todas já vivenciadas nos 31 anos da Positivo Tecnologia. Está impondo situações peculiares, demandas extraordinárias, alto grau de incerteza e um fator gravíssimo: o risco à vida. Tem exigido ações imediatas e visionárias.

Siga todas as novidades da Forbes Insider no Telegram

Tenho procurado exercitar com as equipes a empatia, resiliência e determinação. Em conjunto, temos conduzido os negócios, atendido às demandas dos clientes e o mais importante: preservado a saúde dos funcionários. Tenho o privilégio de trabalhar com pessoas altamente engajadas e totalmente alinhadas ao nosso propósito, que é tornar a vida melhor e mais inteligente com tecnologia. No que diz respeito à saúde mental, procuro manter as atividades em família, atualizar a leitura e praticar exercícios físicos em casa com regularidade. Apesar de estar em casa, estou trabalhando mais que o habitual.

Ao mesmo tempo, é desafiador falar do futuro. A pandemia está antecipando mudanças que estavam em curso, como o home office e o homeschooling. Nos negócios, a digitalização deixa de ser uma opção para formar a base operacional de qualquer empresa. Os computadores voltaram a ser bens de primeira necessidade nas residências. Espero que as circunstâncias positivas deste período sejam perenes e repletas de aprendizados.

A retomada econômica certamente ocorrerá. As dúvidas estão em torno do momento e da forma de recuperação. É preciso determinação, união e força de vontade das pessoas, empresas e governos para viabilizar ações que reduzam o impacto na economia e gerem oportunidades para todos. Apesar das dificuldades atuais, tenho o otimismo e a esperança de que logo teremos períodos com mais saúde e prosperidade.”

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo: .

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).