Dólar tem queda contra real acompanhando exterior

iStock
Às 10:08, o dólar recuava 0,37%, a R$ 5,7394 na venda

O dólar operava em queda contra o real na manhã de hoje (20) após registrar alta na véspera, com a moeda brasileira acompanhando o desempenho de outras divisas emergentes em dia de apetite por risco moderado no exterior.

No Brasil, os desdobramentos políticos seguem no radar dos investidores, com possibilidade de volatilidade em caso de novidades sobre o vídeo de reunião ministerial que poderia comprometer o presidente Jair Bolsonaro.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Às 10:08, o dólar recuava 0,37%, a R$ 5,7394 na venda. O contrato mais negociado de dólar futuro tinha queda de 0,31%, a R$ 5,745.

O movimento do real acompanhava o desempenho de outras moedas emergentes ou ligadas a commodities, como dólar australiano, peso mexicano e rand sul-africano. Agentes do mercado citaram esperanças em relação a uma recuperação econômica nos Estados Unidos como fator de impulso a esses ativos arriscados e para os futuros da bolsa norte-americana.

Ontem (19), o chairman do Federal Reserve, Jerome Powell, e o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, fizeram declarações ao Senado norte-americano em que disseram que os estímulos adotados no país até o momento estavam funcionando ao apoiar a economia fortemente abalada pela pandemia de Covid-19.

“Os EUA, além dos programas de alívio quantitativo e política monetária, ainda que juros negativos estejam descartados, podem adotar medidas fiscais ainda maiores de modo a dirimir os efeitos da crise viral”, disse em nota a Infinity Asset.

Enquanto isso, no cenário doméstico, analistas voltaram a citar expectativa em relação à divulgação de vídeo de uma reunião ministerial em que o presidente Jair Bolsonaro teria mostrado intenção de interferir na Polícia Federal por motivos pessoais.

“O certo é que a política tem desempenhado um papel negativo na perspectiva, ainda sem data, de retorno de investidores ao Brasil”, avaliou a Infinity Asset.

VEJA TAMBÉM: Dólar descola de exterior, sobe ante real e fecha a R$ 5,76

Recentemente, um cenário de juros baixos agravado por tensões políticas em Brasília e condições econômicas fracas tem afastado investidores estrangeiros dos mercados locais, o que já deixa o dólar em alta de quase 43% contra o real no ano de 2020.

Na última sessão, o dólar à vista fechou em alta de 0,67%, a R$ 5,7609 na venda.

O Banco Central ofertará hoje até 12 mil contratos de swap cambial tradicional com vencimento em setembro de 2020 e fevereiro de 2021 para fins de rolagem. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).