Apresentado por       

Sinais de recuperação econômica empolgam mercados mundiais

Indicadores apontando volta de atividade cria sentimento positivo nas bolsas pelo mundo.

Gustavo Cruz, colaborador da marca
Apresentado por       
Compartilhe esta publicação:
Reuters
Reuters

Os mercados europeus avançam na esteira da expectativa da recuperação econômica

Acessibilidade


O tom de hoje (2) é positivo, investidores aumentam as dúvidas em torno de projeções que traçam cenários de forte contração da atividade. As bolsas asiáticas e os mercados europeus avançam na esteira dessa expectativa de recuperação econômica.

O Banco Central da Austrália (RBA) avaliou que “é possível que a profundidade da crise econômica (do país) seja menor do que se estimava anteriormente”, ao manter seu juro básico na mínima histórica de 0,25% pelo terceiro mês consecutivo.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Por fim, a Opep e a Rússia estão bem próximos de prolongar o corte de produção para setembro, o que deve gerar uma pressão positiva nos preços de petróleo.

No Brasil, o governo federal autorizou reajuste de até 5,21% nos preços de medicamentos para 2020. As empresas já podem aplicá-lo, após dois meses suspenso.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Segundo a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), no mês de abril foi registrado um recuo de 6,6% para 37.116 gigawatts-hora (GWh) no consumo. Sendo que o setor comercial foi o mais atingido, com queda de 17,9%, seguido pela indústria, com perda de 12,4% no consumo.

Por fim, as pesquisas de mercado de maio apontam que ocorreu uma queda de 74,7% das vendas na comparação anual. Entre automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus foram licenciadas 62 mil unidades, o pior resultado para meses de maio em 28 anos.

No geral, o dia não tem grande tema. Mas o fato de ser um dia assim, e os mercados estarem subindo com força, pode mostrar que o sentimento geral de investidores pelo mundo pode estar melhorando.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: