Lucro da Visa cai 23%, mas fica acima das estimativas

ReproduçãoForbes
ReproduçãoForbes

O lucro líquido caiu para US$ 2,37 bilhões, ou US$ 1,07 por ação classe A

A Visa reportou hoje (28) resultado acima do esperado por analistas mesmo com queda de 23% no lucro trimestral, uma vez que os gastos do consumidor continuaram sendo pressionados pelo alto desemprego devido a medidas destinadas a conter a pandemia de coronavírus.

O lucro líquido caiu para US$ 2,37 bilhões, ou US$ 1,07 por ação classe A, no trimestre encerrado em 30 de junho, de US$ 3,10 bilhões, ou US$ 1,37 por ação classe A, um ano antes.

VEJA MAIS: Forbes promove primeiro webinar sobre Saúde Mental nas empresas. Participe

Analistas estimavam, em média, lucro de US$ 1,03 por ação, segundo dados IBES da Refinitiv.

O trimestre foi o primeiro a refletir como os gastos com transações da Visa foram afetados por três meses seguidos de paralisações relacionadas ao coronavírus.

A receita líquida caiu 17%, para US$ 4,84 bilhões, em comparação com uma estimativa de US$ 4,83 bilhões de analistas.

Os resultados marcaram o primeiro declínio ano a ano na receita trimestral e no lucro líquido ajustado desde que a empresa abriu capital em 2008 e se tornou a maior rede de pagamentos do mundo. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).