Ibovespa fecha acima de 104 mil pontos com NY e Selic a 2%

Rahel Patrasso / Reuters Connect
Rahel Patrasso / Reuters Connect

Índice de referência do mercado financeiro brasileiro, o ibovespa registrou segunda alta seguida

O Ibovespa fechou em alta hoje (6) pelo segundo pregão seguido, favorecido pelos ganhos em Wall Street e noticiário corporativo positivo, com destaque para Totvs, que disparou (10,85%) após mostrar resiliência nas vendas no segundo trimestre.

Índice de referência do mercado financeiro brasileiro, o Ibovespa subiu 1,29%, a 104.125,64 pontos. Na máxima da sessão, chegou a 104.523,28 pontos. O volume financeiro somou R$ 26,2 bilhões.

Leia mais: Forbes promove primeiro webinar sobre Saúde Mental nas empresas. Participe

Tal desempenho ocorreu um dia depois de o Banco Central cortar a taxa básica de juros em 0,25%, para 2% ao ano, e manter a porta aberta para novos ajustes à frente.

O patamar extremamente baixo da Selic tem sido um dos principais suportes para a bolsa paulista, com papel relevante de pessoas físicas em busca de melhor remuneração de seus investimentos na alta do Ibovespa nos últimos meses.

Leia também: Magazine Luiza compra Canaltech e Plataforma Inloco Media

No exterior, Wall Street melhorou durante a sessão e o S&P 500 fechou em alta de 0,64%, com agentes financeiros na expectativa de um novo pacote de estímulo fiscal e analisando uma combinação de dados da economia norte-americana.

“As esperanças de outro pacote de estímulo expressivo nos EUA estão atualmente mantendo viva a alta do mercado de ações”, afirmou o analista Milan Cutkovic, da AxiCorp. “Isso poderia impulsionar o sentimento do mercado e valorizar as ações.”

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).