JSL aprova oferta de ações e espera precificar em 8 de setembro

Teradat Santivivut/Getty Images
Teradat Santivivut/Getty Images

A oferta restrita consistirá na distribuição pública primária de 72.255.762 novas ações

O conselho de administração da JSL aprovou oferta de até 86,7 milhões de ações com distribuição primária e secundária, que espera precificar em 8 de setembro, de acordo com fato relevante à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Considerando o valor de fechamento da ação ontem (27), de R$ 32,16, a operação pode movimentar até cerca de R$ 2,8 bilhões.

LEIA MAIS: BNDES aprova crédito de R$ 360 milhões para grupo JSL

A oferta restrita consistirá na distribuição pública primária de 72.255.762 novas ações de emissão da companhia (oferta primária base), que poderá ser acrescida em até 14.451.152 ações ordinárias de emissão da companhia e de titularidade do acionista vendedor, a holding Simpar.

A operação acontece no âmbito da reorganização societária da companhia e tem como coordenadores XP Investimentos, BTG Pactual, JPMorgan, Itaú BBA, Santander Brasil e BB Investimentos. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).