Futuros em Nova York operam no vermelho, revertendo parte dos ganhos da sessão anterior

Getty Images
Getty Images

Investidores acompanham nesta manhã um discurso do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, além de dados sobre a balança comercial norte-americana

As Bolsas na Europa trabalham em campo misto na manhã desta terça-feira (6), enquanto os futuros dos principais índices acionários em Wall Street revertem parte dos ganhos da última sessão. Às 7h14, horário de Brasília, o S&P 500 perdia 0,34%, o Dow Jones recuava 0,18% e o Nasdaq tinha queda de 0,52%.

Do outro lado do oceano, o FTSE 100, de Londres, e o DAX alemão desvalorizavam 0,41% e 0,05%, respectivamente. O CAC 40 subia 0,02% em Paris, enquanto o Stoxx 600 perdia 0,21%. O FTSE MIB, da Itália, tinha ganhos de 0,31% no mesmo horário.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Na noite de ontem, o presidente Donald Trump retornou à Casa Branca após três dias internado por coronavírus. No Twitter, o presidente afirmou que as pessoas não deviam ter medo do vírus que já matou mais de 200 mil pessoas apenas nos EUA. As notícias positivas sobre o estado de saúde de Trump impulsionaram as bolsas globais na sessão de ontem.

Nos últimos dias, o democrata Joe Biden ampliou a vantagem na disputa pela presidência do país, diminuindo temores do mercado de que uma vitória apertada poderia resultar na judicialização do resultado das urnas.

Ainda nos EUA, os investidores acompanham nesta manhã um discurso do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, sobre as perspectivas econômicas, além de dados sobre a balança comercial norte-americana. O mercado aguarda um aumento no déficit comercial do país em agosto.

Na China, o mercado acionário segue fechado em função do feriado. Já o Nikkei 225, do Japão, ganhou 0,52% na sessão, enquanto o BSE Sensex valorizou 1,54% no dia.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).