Investidores voltam às compras na Europa e futuros dos EUA operam em queda

Berkah/GettyImages
Berkah/GettyImages

Futuros dos índices acionários em Wall Street operam no vermelho à espera de dados sobre as vendas do varejo e produção industrial nos EUA

Os futuros dos índices acionários em Wall Street operam em queda no início desta sexta-feira (16) à espera de dados sobre as vendas do varejo e produção industrial nos EUA. Às 7h16, horário de Brasília, o Dow Jones perdia 0,10%, o S&P 500 desvalorizava 0,06% e o Nasdaq recuava 0,07%.

Já na Europa, os investidores voltam às compras após a liquidação da sessão anterior, quando os índices da região cederam 2% refletindo preocupações quanto ao impacto na economia do crescimento nos casos de coronavírus e novas medidas de distanciamento social. O FTSE 100 ganhava 0,69%, o DAX subia 0,57%, enquanto o CAC 40 tinha alta de 1,10%. O Stoxx 600 e o FTSE MIB avançavam 0,59% e 0,18%, respectivamente, com destaque na região para os papéis do setor automobilístico e de vestuário.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Os mercados globais acompanham ainda as negociações na Casa Branca para um novo pacote de estímulo à economia dos EUA, que já dá sinais de desaceleração. Ontem, o presidente Donald Trump pediu ao secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, que aceitasse um pacote de ajuda de aproximadamente US$ 2 trilhões. Trump também garantiu que os republicanos no Senado apoiarão o projeto, apesar da resistência dos parlamentares em aprovar outra grande rodada de recursos. Ontem, os EUA também registraram número recorde de novas infecções por coronavírus, com mais de 60 mil casos confirmados em um único dia.

Na Ásia, apenas o Nikkei 225 encerrou o dia no vermelho, perdendo 0,41% na sessão. O Hang Seng subiu 0,94%, o Shangai Composite avançou 0,13% e o BSE Sensex teve alta de 0,64% no dia.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).