Lucro do Goldman Sachs quase dobra no 3T

Reprodução/Forbes

O Goldman Sachs divulgou hoje (14) um aumento de 94% no lucro líquido trimestral, que superou as estimativas anteriores, impulsionado pela força em sua divisão de negociação de títulos e menores provisões para perdas com crédito.

O lucro líquido do banco, aplicável aos acionistas ordinários, subiu de US$1,8 bilhão para US$ 3,5 bilhões, com os lucros por ação dobrando de US$ 4,79 para US$ 9,68. Os analistas esperavam um lucro de US$ 5,57 por ação, em média, de acordo com estimativa do sistema de análise da Refinitiv, que pesquisa dados do mercado financeiro.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Com um salto de 29% na receita de ‘trading’, o Goldman superou facilmente os rivais JPMorgan e Citigroup (C.N), uma vez que os volumes do mercado financeiro quebraram recordes em uma recuperação, após o tombo pressionado pelo coronavírus.

A receita de negociação de títulos aumentou 49%, para US$ 2,5 bilhões, enquanto a de negociação de ações aumentou 10%, para US$ 2,05 bilhões.

A receita líquida total saltou 30%, para US$ 10,78 bilhões e superou as estimativas de US$ 9,5 bilhões. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).