Ibovespa abre em alta com Pnad recorde e exterior misto

O Ibovespa abriu em alta de 0,20% na sessão de hoje, a 124.231 pontos, em dia marcado pelo exterior misto. Hoje (27), o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou que a taxa de desemprego do país medida pela Pnad Contínua ficou em 14,7% no primeiro trimestre deste ano, um recorde da série histórica iniciada em 2012. O registro ficou 0,8 p.p. ante o último trimestre de 2020 e alta de 2,5 p.p. ante ao mesmo trimestre do ano passado.

O dólar tem mais um dia de queda, recuando 0,41%, a R$ 5,2908, perto das 10h00, enquanto os investidores digerem os indicadores globais. O mercado doméstico hoje retoma as atenções sobre a CPI da Covid-19 no Senado, que ouve o diretor do Instituto Butantan Dimas Covas.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Em meio à manhã repleta de dados importantes, os futuros dos índices norte-americanos operam em direções mistas. Os pedidos semanais de seguro-desemprego do país ficaram em 406 mil na semana passada, ante expectativa de 425 mil, e abaixo da semana anterior, de 444 mil, indicando a firmeza da recuperação econômica norte-americana.

Já a segunda prévia do PIB (Produto Interno Bruto) do primeiro trimestre do governo Joe Biden veio pouco abaixo da projeção, aos 6,4%, ante expectativa de 6,5%. Os pedidos de bens duráveis norte-americanos também não foram animadores, registrando uma queda de 1,3% em abril, ante expectativa de alta de 0,7%.

Ainda nos Estados Unidos, conforme o The New York Times, o presidente Biden deve apresentar amanhã (28) um projeto orçamentário de US$ 6 trilhões para o ano fiscal de 2022.

As ações europeias também operam mistas nesta manhã, diante da expectativa dos principais dados da economia norte-americana. O Stoxx 600 cresce 0,16%; na Alemanha, o DAX cai 0,28%; o CAC 40 valoriza 0,55% na França; na Itália, o FTSE MIB é negociado em alta de 0,56%; enquanto no Reino Unido, o FTSE 100 opera em queda de 0,23%.

Mais cedo, as Bolsas asiáticas fecharam com resultados variados. O Hang Seng, de Hong Kong, caiu a 0,18%; o BSE Sensex, de Mumbai, fechou em alta de 0,19%; enquanto no Japão, o índice Nikkei desvalorizou 0,33%. Na China, o índice Shanghai, subiu 0,43%, diante de dados sobre o lucro no setor industrial do país em abril, que cresceu 57% ante 2020.

O minério de ferro na China subiu 6,7% nesta quinta-feira e recuperou a mínima de cinco semanas da commodity, após a associação de ferro e metal da China disse que trabalhará com os reguladores para evitar práticas monopolísticas, especulação e represamento. Segundo agências, um oficial do ministério da indústria do país teria ressaltado que consegue abastecer sua demanda por aço de 2021 a 2025 apenas ajustando importações e exportações. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).