Petrobras prevê venda de participação na Braskem até fevereiro

A venda será realizada por meio de uma oferta secundária de ações com o conglomerado Novonor.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Paulo Whitaker/Reuters
Paulo Whitaker/Reuters

A Petrobras já havia anunciado que a venda das ações da petroquímica Braskem aconteceriam no 1º semestre

Acessibilidade


A Petrobras disse hoje (7) que espera realizar a venda de até 100% das ações preferenciais que detém na Braskem até o mês de fevereiro.

O cronograma detalhado veio após a petroleira ter anunciado no início do dia que o movimento estava planejado para o primeiro trimestre de 2022.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Em comunicado ao mercado, a Petrobras também reiterou que a venda será realizada por meio de uma oferta secundária de ações (follow-on) conjunta com o conglomerado Novonor.

A petroleira contratou o JPMorgan para assessoramento financeiro da oferta.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A Petrobras manifestou reiteradamente a intenção de vender sua participação de 36,1% na petroquímica. A Novonor, antes conhecida como Odebrecht, detém 38,3% do capital da Braskem.

Compartilhe esta publicação: