Petrobras conclui saída da Gasmar por R$ 56,9 milhões; veja os destaques do Forbes Radar

Últimas notícias sobre: Embraer, Weg, Eletrobras, Cogna, Cesp e Vibra Energia.

Isabella Velleda
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


No Forbes Radar de hoje (16), a Petrobras concluiu, em conjunto com sua controlada Gaspetro, a transação para finalizar o litígio judicial pendente com a Termogás. A petroleira também anunciou o início da venda de 20% de sua subsidiária com ativos no Golfo do México.

Já a Embraer disse que a American Airlines assinou um pedido firme para três novos jatos E175, por US$ 160,2 milhões. Segundo comunicado, o negócio será incluído na carteira de pedidos do quarto trimestre de 2021 da empresa.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Veja esses e outros destaques corporativos do dia:

Petrobras (PETR3; PETR4)

A Petrobras concluiu, em conjunto com sua controlada Gaspetro, a transação para finalizar o litígio judicial pendente com a Termogás. Como resultado dessa operação, a Termogás adquiriu as ações da Gasmar (Companhia Maranhense de Gás) detidas pela Gaspetro, que correspondem a 23,5% do capital social total.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A operação foi concluída com o pagamento de R$ 56,9 milhões para a Gaspetro, já com os ajustes previstos no contrato.

Segundo a empresa, a transação faz parte da estratégia de otimização do portfólio da Gaspetro, e está alinhada com o Termo de Compromisso de Cessação para o mercado de gás natural assinado com o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), em julho de 2019, para promoção de concorrência deste setor no Brasil.

A petroleira também anunciou o início da fase não vinculante referente à venda da totalidade da participação de 20% detida pela sua subsidiária Petrobras America Inc., na empresa MP Gulf of Mexico, LLC., localizada no Texas, EUA, detentora de campos offshore no Golfo do México.

Embraer (EMBR3)

A Embraer disse que a American Airlines assinou um pedido firme para três novos jatos E175, por US$ 160,2 milhões. Segundo o comunicado, o negócio será incluído na carteira de pedidos do quarto trimestre de 2021 da Embraer e as entregas têm previsão de conclusão este ano.

“O E175 é a espinha dorsal da malha regional americana, com mais de 600 aeronaves vendidas e uma participação de mercado de 86%, desde 2013”, disse Mark Neely, vice-presidente de vendas e marketing das Américas da Embraer Aviação Comercial.

Weg (WEGE3)

A Weg aprovou o pagamento de R$ 861 milhões em dividendos complementares, equivalentes a R$ 0,2052 por ação. O pagamento ocorrerá em 16 de março.

Em documento separado, a companhia também informou que seu conselho de administração aprovou um aumento do capital de R$ 1 bilhão, para R$ 6,5 bilhões, por meio da incorporação de parte do saldo da conta de reserva de lucros, sem aumento do número de ações.

Eletrobras (ELET3; ELET6)

A Eletrobras informou que foi aprovada pelo plenário do TCU (Tribunal de Contas da União), por 6 votos a 1, a primeira etapa do processo de privatização da empresa.

“A conclusão do processo de desestatização depende de aprovação de toda a modelagem pelo TCU, o que ainda não ocorreu”, afirmou em comunicado.

Cogna (COGN3)

O conselho de administração da Cogna aprovou a criação do programa de recompra de até 102.880.658 ações de emissão da companhia a serem mantidas em tesouraria para posterior alienação ou cancelamento.

A empresa também informou que a Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior do MEC (Ministério da Educação) autorizou o início das atividades do curso superior de graduação em medicina com 50 vagas anuais na Faculdade Pitágoras de Bacabal, localizada no município de Bacabal, no Maranhão.

Cesp (CESP6)

A Cesp passou a ser subsidiária integral da VTR Energia Participações, após a assembleia geral aprovar a incorporação das ações da companhia pela nova controladora.

Com todas as ações de sua emissão detidas pela VTRM, os acionistas da companhia receberão, em substituição, novas ações ordinárias e preferenciais resgatáveis de emissão da VTRM.

Vibra Energia (VBBR3)

A Vibra Energia recebeu da Dynamo Administração de Recursos e da Dynamo Internacional Gestão de Recursos, bem como da Verde Asset Management e da Bogari Gestão de Investimentos, a indicação de uma chapa de candidatos à eleição para membros do conselho de administração.

A eleição ocorrerá na assembleia geral ordinária a ser realizada no dia 28 de abril. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: