“Storyliving by Disney”: conheça o novo conceito de comunidades residenciais

Projeto imobiliário da Walt Disney Company tem casas que podem custar acima de R$ 50 milhões.

Megan du Bois
Compartilhe esta publicação:
Divulgação
Divulgação

Cotino está sendo desenvolvida em colaboração com a DMB Development

Acessibilidade


A Walt Disney Company vai lançar um novo serviço chamado “Storyliving by Disney”, que promete desenvolver comunidades residenciais com “design diferenciado, comodidades exclusivas e serviço de renome mundial”.

A primeira comunidade será localizada em Rancho Mirage, no estado da Califórnia. Outras localidades nos Estados Unidos ainda estão em análise.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Segundo a companhia, os projetos residenciais têm como objetivo “inspirar os moradores a promover novas amizades, perseguir seus interesses e escrever o próximo capítulo empolgante de suas vidas – tudo isso enquanto desfruta da atenção aos detalhes, comodidades exclusivas e toques especiais que são marcas da Disney.”

A primeira comunidade em desenvolvimento é uma homenagem ao próprio Walt Disney, que já teve uma casa na região. A comunidade será chamada Cotino, onde interessados poderão escolher entre um pedaço de terra, casas para uma família só e apartamentos de condomínio – todos para comprar, já que o aluguel ainda não está previsto no projeto.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Também haverá bairros especiais para pessoas com 55 anos, ou mais, e qualquer morador da comunidade poderá tornar-se sócio do clube Disney, o que dá acesso a uma série de experiências, formas de entretenimento e empreendimentos filantrópicos selecionados. Cada local, dentro da comunidade, será operado por funcionários da Disney (chamados de “Cast Members”, ou “membros do elenco”, em referência aos filmes da produtora).

A Disney também anunciou que Cotino terá um bairro misto, com lojas, restaurantes e lazer. Um hotel à beira-mar e um parque na praia também estarão disponíveis e poderão ser acessados ​​por não-moradores, mediante a compra de um passe diário.

Cotino está sendo desenvolvida em colaboração com a DMB Development, amplamente conhecida por construir comunidades planejadas.

“Cotino representa a criatividade e excelência operacional da Disney, combinada com a extensa experiência em desenvolvimento comunitário da DMB Development. Estamos muito satisfeitos em colaborar com a Disney neste novo conceito inovador”, disse Brent Herrington, CEO da DMB Development.

“Enquanto nos preparamos para entrar em nosso segundo século de existência, estamos desenvolvendo novas e empolgantes maneiras de levar a magia da Disney para as pessoas, onde quer que estejam, expandindo a narrativa para a vivência. Mal podemos esperar para receber os moradores dessas belas e únicas comunidades da Disney, onde eles podem viver suas vidas ao máximo”, disse Josh D’Amaro, presidente da Disney Parks, Experiences and Products em um comunicado à imprensa.

Storyliving by Disney não é o primeiro mergulho da empresa no mundo imobiliário e de desenvolvimento comunitário. De acordo com o Click Orlando, a Disney anunciou em 1991 planos para construir uma comunidade planejada chamada Celebration, e começou a construção em 1994. A comunidade planejada tinha casas, escolas, lojas e restaurantes. No entanto, a empresa vendeu o projeto em 2004 para investidores privados.

Quem tiver milhões de dólares para gastar e um amor descomunal pela Disney também pode viver no bairro privado e ultra-luxuoso de Golden Oak, situado no coração do Walt Disney World. Os preços das casas neste bairro começam em US$ 2 milhões e chegam a bem mais de US$ 10 milhões (R$ 51,3 milhões na cotação de hoje, 20).

O popular timeshare Disney Vacation Club – espécie de condomínio-resort – foi aberto ao público em 1991. As localizações das estadias incluem o Walt Disney World em Orlando, a Disneylândia em Anaheim, na Califórnia, Vero Beach, na Flórida e Hilton Head, na Carolina do Sul.

Compartilhe esta publicação: