Auren (AURE3) irá distribuir R$ 100 milhões em dividendos; veja os destaques do Radar

Últimas notícias sobre: Aliansce Sonae, brMalls, Itaú, Hapvida, Petrobras, Ferbasa e mais.

Isabella Velleda
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


No Forbes Radar de hoje (19), a Auren Energia informou que foi aprovada a distribuição de dividendos no montante total de R$ 100 milhões, equivalentes a R$ 0,10 por ação.

Já a Aliansce Sonae informou que apresentou ao conselho de administração da brMalls nova proposta de combinação de negócios, contendo relação de troca mais favorável aos acionistas da empresa.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Veja esses e outros destaques corporativos do dia:

Auren Energia (AURE3)

A Auren Energia informou que foi aprovada a distribuição de dividendos no montante total de R$ 100 milhões, equivalentes a R$ 0,10 por ação.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A distribuição dos proventos ocorrerá de acordo com a base acionária de 3 de maio de 2022, e o pagamento será realizado em data a ser fixada pelo conselho de administração e divulgada por meio de novo aviso aos acionistas.

Aliansce Sonae (ALSO3) e brMalls (BRML3)

A Aliansce Sonae informou que apresentou ao conselho de administração da brMalls nova proposta de combinação de negócios, contendo relação de troca mais favorável aos acionistas da brMalls.

A nova proposta envolve o pagamento em dinheiro no valor de R$ 1,25 bilhão, e pagamento com a entrega de 326.339.911 ações de emissão da companhia – o que corresponde a uma relação de substituição de 1 ação de emissão da brMalls para 0,3940 ação de emissão da companhia.

Itaú Unibanco (ITUB4)

O Itaú Unibanco informou que acertou a compra de 12,82% da plataforma para compra e venda de produtos do agronegócio Orbia, sem revelar o valor do negócio.

Lançada em 2019, a Orbia afirma ser o maior marketplace do setor no país, por meio do qual são comercializados defensivos, sementes e fertilizantes, entre outros produtos, com 190 mil usuários cadastrados.

A companhia já tinha entre os sócios a fabricante de defensivos agrícolas Bayer, a Yara, de fertilizantes, e a Bravium, de programas de fidelização.

No comunicado, o Itaú informa que a Orbia teve R$ 200 milhões em vendas no primeiro ano. Para 2022, a perspectiva é de atingir R$ 3 bilhões.

Hapvida (HAPV3)

A Hapvida anunciou que foi aprovada a realização da 3ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, no valor total de R$ 2 bilhões.

A emissão será realizada em série única, sendo que a taxa final de remuneração será definida conforme o procedimento de bookbuilding. Os recursos líquidos a serem captados serão utilizados para aumento de capital da Notre Dame Intermédica.

Petrobras (PETR3;PETR4)

A Petrobras informou que iniciou fase vinculante para venda de sua fatia de 20% detida por sua subsidiária Petrobras America na MP Gulf of Mexico (MPGoM), dona de campos offshore no Golfo do México.

Os potenciais compradores classificados para essa fase receberão carta-convite com instruções sobre o processo, incluindo orientações para realização de due diligence e para o envio das propostas vinculantes, disse a estatal.

A MPGoM, localizada no Texas (EUA), é uma joint venture com participação de 80% da Murphy Exploration & Production Company e 20% da Petrobras America, criada em outubro de 2018, com o aporte de certos ativos de petróleo e gás natural em produção, situados no Golfo do México, de ambas as empresas.

A MPGoM tem participação como operadora ou não-operadora em 14 campos offshore no Golfo do México. A parcela Petrobras da produção dos campos em 2021 foi de 10,4 mil barris por dia de óleo equivalente.

Ferbasa (FESA4)

A Ferbasa informou que foi aprovado o pagamento complementar de dividendos mínimos obrigatórios no valor global de R$ 42,7 milhões, à razão de R$ 0,4719 por 1 ação ordinária e R$ 0,5191 por 1 ação preferencial, no dia 29 de abril.

Também foi aprovado o pagamento de dividendos adicionais no montante de R$ 86,7 milhões, à razão de R$ 0,9573 por 1 ação ordinária e R$ 1,0530 por 1 ação preferencial, no dia 12 de maio.

Os dividendos terão como base as posições acionárias existentes no fechamento do pregão do dia 26 de abril.

Hmobi (HMOB3)

A Hmobi anunciou que foi aprovado o pagamento de dividendos mínimos obrigatórios no montante de R$ 36 milhões, correspondente a R$ 0,0196 por ação ordinária, tendo em vista a base acionária de ontem (18).

A forma e a data de pagamento dos dividendos serão fixadas pela diretoria da companhia e oportunamente comunicada aos acionistas.

MRV&Co (MRVE3)

A MRV&Co teve modesta alta do volume financeiro de vendas e de lançamentos no primeiro trimestre, com o robusto desempenho de sua unidade nos Estados Unidos, AHS, compensando a queda forte no segmento de baixa renda no Brasil.

A construtora com sede em Minas Gerais anunciou que seus lançamentos de janeiro a março somaram um volume geral de vendas (VGV) de R$ 1,735 bilhão, alta residual de 1,4% ante mesma etapa de 2021. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: