Confiança do consumidor dos EUA cai em abril

O Conference Board disse hoje (26) que seu índice de confiança do consumidor caiu para 107,3 este mês.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Andrew Kelly/Reuters
Andrew Kelly/Reuters

Consumidores fazem compras em mercado na cidade de Nova York, EUA

Acessibilidade


A confiança do consumidor dos Estados Unidos recuou em abril, embora as famílias planejem comprar automóveis e eletrodomésticos, o que deve ajudar a sustentar os gastos dos consumidores no segundo trimestre.

O Conference Board disse nesta terça-feira que seu índice de confiança do consumidor caiu para 107,3 este mês, de leitura revisada para cima de 107,6 em março.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Economistas consultados pela Reuters projetavam alta do índice a 108,0, ante leitura de 107,2 divulgada inicialmente para março.

“O Índice de Situação Presente caiu, mas continua bastante alto, sugerindo que a economia continuou a expandir no início do segundo trimestre”, disse Lynn Franco, diretor sênior de indicadores econômicos do Conference Board.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“As expectativas, embora ainda fracas, não se deterioraram ainda mais em meio aos preços altos, especialmente nas bombas de combustível, e à guerra na Ucrânia. As intenções para as férias esfriaram, mas as intenções de compra de itens grandes como automóveis e muitos eletrodomésticos subiram um pouco.”

Compartilhe esta publicação: