Ibovespa sobe em pregão marcado por dados econômicos

Dólar recua em dia de altos e baixos e fecha a R$ 4,94.

Vitória Fernandes
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Ibovespa fechou hoje (28) em alta de 0,52%, a 109.918 pontos, em sessão movimentada pela divulgação de dados econômicos, como o IGP-M e o Caged. No cenário internacional, os balanços financeiros do 1º trimestre seguem puxando os índices para cima, enquanto a guerra na Ucrânia ainda causa aversão a riscos.

A alta dos preços de commodities agrícolas arrefeceu e o Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) passou a subir 1,41% em abril, depois de avanço de 1,74% em março, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV). No entanto, a pressão de combustíveis e fertilizantes impediu uma desaceleração mais acentuada do indicador.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

O Brasil abriu 136.189 vagas formais de trabalho em março, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado pelo Ministério do Trabalho e Previdência. O resultado veio abaixo da criação líquida de 150.915 postos projetada por analistas, mas representa o segundo melhor saldo para o mês em 12 anos, perdendo apenas para o dado de março de 2021 (176.330).

Também por aqui, a dívida pública federal caiu 2,89% em março sobre fevereiro, a R$ 5,565 trilhões.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

No cenário corporativo, os bancos fecharam no campo negativo após pregão de grande pressão. Bradesco (BBDC4) recuou 0,92%, Itaú (ITUB4) perdeu 0,82% e Santander (SANB11) desvalorizou 0,59%.

As empresas de commodities subiram pelo segundo dia seguido. Gerdau (GGBR4), Metalúrgica Gerdau (GOAU4) e CSN (CSNA3) registraram altas de 2,91%, 3,16% e 2,24%. A Vale (VALE3) também avançou no pregão, apesar de a SEC (Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos) ter afirmado que a empresa fez declarações falsas sobre a segurança de suas barragens em Brumadinho (MG).

O destaque positivo ficou com as ações da Embraer (EMBR3), que subiram 6,53%, embora a companhia tenha registrado prejuízo no 1º trimestre do ano de R$ 170 milhões.

O dólar foi às mínimas do dia na tarde de hoje, saindo de quase R$ 5,05 para a faixa de R$ 4,96, num movimento de ajuste que ocorre mais uma vez em sintonia com as oscilações de ativos de referências de risco no exterior. A moeda encerrou o dia em queda de 0,53%, cotada a R$ 4,9414.

Nos Estados Unidos, o mercado de ações fechou em alta, novamente impulsionado por balanços financeiros do 1º trimestre. O Dow Jones ganhou 1,85% a 33.916 pontos; o S&P 500 subiu 2,47%, a 4.287 pontos; e o Nasdaq valorizou 3,06% a 12.871 pontos.

As ações da Meta (FB), que divulgou o balanço na noite de ontem (27), subiram 17% no pregão após apresentar um crescimento melhor do que o esperado do número de usuários da plataforma. O movimento influenciou vários nomes do setor. Apple, Amazon e Alphabet subiram mais de 2%. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: