Refinarias dos EUA deverão ter ganhos no 1° tri com alta global dos combustíveis

A capacidade de refino em todo o mundo caiu durante a pandemia de coronavírus, com várias refinarias de petróleo menos lucrativas fechando nos últimos dois anos.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Agência Petrobras/André Valentim
Agência Petrobras/André Valentim

As margens de lucro para a produção de gasolina e derivados –diesel, combustível de aviação e óleo de aquecimento– já estavam em seu nível mais alto em vários anos até 2022, e aumentaram desde então.

Acessibilidade


As refinarias de petróleo dos Estados Unidos esperam fortes ganhos no primeiro trimestre, já que as margens na venda de gasolina e diesel se fortaleceram devido a uma queda acentuada na capacidade de refino e à oferta apertada de petróleo bruto por causa da guerra da Rússia com a Ucrânia.

A capacidade de refino em todo o mundo caiu durante a pandemia de coronavírus, com várias refinarias de petróleo menos lucrativas fechando nos últimos dois anos. No entanto, a demanda mundial de combustível se recuperou para níveis próximos da pré-pandemia, aumentando os lucros das instalações que ainda estão em operação.

Sete empresas independentes de refino dos EUA devem registrar lucro de 61 centavos por ação, em comparação com uma perda de 1,32 dólar no primeiro trimestre de 2021, de acordo com dados do IBES da Refinitiv.

As margens de lucro para a produção de gasolina e derivados –diesel, combustível de aviação e óleo de aquecimento– já estavam em seu nível mais alto em vários anos até 2022, e aumentaram desde então.

As refinarias independentes dos EUA, incluindo Marathon Petroleum Corp, Valero Energy Corp e Phillips 66, também se beneficiaram de um aumento nos preços do gás natural na Europa, que ocorreu devido ao risco de sanções europeias sobre exportações de energia russas.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“A dinâmica geopolítica deve apoiar as refinarias dos EUA em amplos spreads de gás natural, embora alguns impactos possam ser menos visíveis com os ganhos do primeiro trimestre do que nos trimestres futuros”, disse Jason Gabelman, analista de refino da Cowen.

No entanto, atrasos na manutenção de refinarias e os preços crescentes do petróleo bruto podem limitar ganhos fortes para algumas plantas. Os analistas reduziram as estimativas para Phillips 66 e PBF Energy Inc devido em parte à manutenção da primavera.

Compartilhe esta publicação: