Bradesco eleva previsão para PDD, margem e receitas com tarifas para 2022

SÃO PAULO (Reuters) – O Bradesco anunciou nesta quinta-feira uma revisão nas suas projeções de desempenho para 2022, elevando as estimativas para crescimento de receitas com serviços e margem com clientes, mas também nas despesas.

Compartilhe esta publicação:

SÃO PAULO (Reuters) – O Bradesco anunciou nesta quinta-feira uma revisão nas suas projeções de desempenho para 2022, elevando as estimativas para crescimento de receitas com serviços e margem com clientes, mas também nas despesas com provisões para perdas com inadimplência, além de menor expansão das despesas operacionais.

Acessibilidade


A previsão para a margem com clientes subiu da faixa de 8% a 12% para 18% a 22%.

Já a estimativa de crescimento das receitas com prestação de serviços no ano passou de 2% a 6% para 4% a 8%.

Enquanto isso, a projeção de alta das despesas operacionais neste ano caiu do intervalo de 3% a 7% para 1% a 5%.

E a projeção de despesa com provisão para perda com calotes agora é de 17 bilhões a 21 bilhões de reais, ante 15 bilhões a 19 bilhões da previsão anterior.

A estimativa para crescimento de 10% a 14% da carteira de crédito foi mantida, embora ela tenha crescido 18,3% no primeiro trimestre. A projeção para o resultado das operações de seguros, de avanço de 18% a 23%, também não mudou. No primeiro trimestre, a alta foi de apenas 4,7%.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

(Por Aluísio Alves)

Compartilhe esta publicação: