Chefe do FMI não espera reccessão, mas ela não "está fora de questão"

O cenário econômico global piorou desde que o FMI reduziu sua perspectiva de crescimento em 2022 por causa da guerra na Ucrânia

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Remo Casilli/Reuters
Remo Casilli/Reuters

Diretora-gerente do FMI, Kristalina Georgieva

Acessibilidade


A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional, Kristalina Georgieva, afirmou hoje (23) que não espera uma recessão para as principais economias do mundo, mas que não pode descartá-la.

Questionada em um painel no Fórum Econômico Mundial se espera uma recessão, Georgieva disse: “Não, não nesse momento. Isso não significa que está fora de questão.”

Leia mais: Inscreva-se na seleção para a lista Under 30 2022

O cenário econômico global piorou no mês desde que o FMI reduziu sua perspectiva de crescimento em 2022 por causa da guerra na Ucrânia, desaceleração da China e choques globais de preços, particularmente de alimentos, disse ela.

“Em um curto período de tempo…o horizonte piorou.”

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: