FAB cortará encomenda de cargueiros KC-390, da Embraer, de 22 para 15 unidades

A Embraer havia anunciado em fevereiro um acordo fechado com a FAB para reduzir a encomenda do KC-390, de 28 para 22 unidades

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Roosevelt Cassio/Reuters
Roosevelt Cassio/Reuters

A Embraer não se manifestou sobre o corte para 15 aviões

Acessibilidade


A FAB (Força Aérea Brasileira) vai cortar novamente a encomenda de aviões cargueiros KC-390 desenvolvidos pela Embraer, de 22 para 15 unidades, afirmou hoje (23) o comandante da FAB, brigadeiro Carlos de Almeida Baptista Júnior, segundo publicou a agência O Globo.

A Embraer havia anunciado em fevereiro um acordo fechado com a FAB para reduzir a encomenda do KC-390, de 28 para 22 unidades.

As ações da Embraer exibiam alta de 1,2% às 16h48, enquanto o Ibovespa mostrava valorização de 1,8%.

Procurada, a Embraer afirmou apenas que “possui contrato com a FAB para o fornecimento de 22 unidades” e não se manifestou sobre o corte para 15 aviões mencionado pelo brigadeiro.

Representantes da FAB não comentaram o assunto de imediato.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: