Ibovespa vira e fecha em alta após Fed elevar taxa de juros

Investidores aguardam com expectativa a decisão de juros do Copom desta Super Quarta.

Vitória Fernandes
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


Depois de passar a maior parte da sessão de hoje (4) no vermelho, o Ibovespa virou e fechou em alta de 1,70%, a 108.343 pontos. O índice acompanhou o bom humor em Wall Street, que teve o melhor pregão desde maio de 2020 após Jerome Powell, o presidente do Federal Reserve, descartar novos aumentos dos juros norte-americanos.

O Fed subiu os juros em 0,50 ponto-percentual, para o intervalo entre 0,75% e 1%. Esta foi a segunda elevação dos juros promovida pela autoridade monetária desde 2018 e ficou em linha com as expectativas do mercado.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

“A expectativa era que o comunicado do Banco Central dos EUA tivesse um tom mais “duro”, o que não aconteceu. Isso contribui para uma melhora do mercado e também do câmbio”, diz Camila Abdelmalack, analista da Veedha Investimentos.

Por aqui, os investidores aguardam com expectativa a decisão do Copom (Comitê de Política Monetária) sobre o reajuste da Selic. O anúncio está programado para às 18h30 desta noite.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

No cenário corporativo, as ações de commodities fecharam em alta, após a virada do mercado, que estava em queda até a decisão do Federal Reserve. Os papéis da PetroRio (PRIO3), Petrobras (PETR3 e PETR4) e da 3R Petroleum (RRRP3) subiram 5,81%, 4,72%, 6,02% e 4,68%.

As ações do Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) registraram a maior alta do dia, de 7,52%.

Os ativos da Klabin (KLBN11) também se destacaram no pregão após a empresa divulgar lucro de R$ 875 milhões no 1º trimestre de 2022, alta de 108% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Do lado oposto, as ações da Marfrig (MRFG3) fecharam com a maior queda, de 7,76%, após balanço do trimestre decepcionar o mercado.

Nos Estados Unidos, o mercado de ações fechou em alta com os investidores mais tranquilos com a definição do Fed. O Dow Jones ganhou 2,81% a 32.061 pontos; o S&P 500 avançou 2,99%, a 4.300 pontos; e o Nasdaq subiu 3,19% a 12.964 pontos.

A movimentação positiva foi impulsionada principalmente por uma previsão menos dura do banco para a próxima reunião. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: