Ações da China têm melhor semana em 16 meses com compras externas

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


XANGAI (Reuters) – As ações da China subiram nesta sexta-feira, terminando a semana mais forte em quase 16 meses devido ao aumento nas compras por investidores estrangeiros, enquanto as empresas de tecnologia em Hong Kong superaram a fraqueza do mercado acionário mais amplo por expectativas de alívio na pressão regulatória.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou em alta de 1,52%, avançando 3,65% na semana – seu maior ganho semanal desde o início de fevereiro de 2021. O índice de Xangai subiu 1,42%.

O índice de Hong Kong Hang Seng recuou 0,29%, meio a uma ampla fraqueza regional antes da divulgação nesta sexta dos dados de inflação dos EUA. O China Enterprises Index subiu 0,04%.

As ações dos setores automotivo e de veículo a novas energias tiveram os melhores desempenhos, subindo 4,26% e 4,16%, respectivamente, diante do ganho de 8,19% da fabricante de veículos elétricos BYD Co Ltd e da alta de 5,25% da gigante de baterias Contemporary Amperex Technology Co Ltd (CATL).

Os fortes aumentos foram impulsionados pelas compras estrangeira, com dados Refinitiv mostrando entradas de quase 18,2 bilhões de iuanes, maior entrada diário desde 9 de dezembro de 2021.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 1,49%, a 27.824 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,29%, a 21.806 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 1,42%, a 3.284 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 1,52%, a 4.238 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 1,13%, a 2.595 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,97%, a 16.460 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,87%, a 3.181 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 1,25%, a 6.932 pontos.

Compartilhe esta publicação: