Déficit comercial dos EUA diminui com força em abril

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


WASHINGTON (Reuters) – O déficit comercial dos Estados Unidos diminuiu com força em abril uma vez que as importações recuaram, sugerindo que o comércio pode contribuir para o crescimento econômico neste trimestre pela primeira vez em dois anos.

O Departamento de Comércio disse nesta terça-feira que o déficit comercial caiu 19,1% para 87,1 bilhões de dólares. As importações de bens e serviços recuaram 3,4% para, 339,7 bilhões, enquanto as exportações aumentaram 3,5%, para 252,6 bilhões.

Um déficit comercial recorde tirou 3,23 pontos percentuais do Produto Interno Bruto no primeiro trimestre, resultando na contração do PIB a uma taxa anualizada de 1,5%, após crescer a um ritmo robusto de 6,9% no quarto trimestre.

O comércio vem pesando sobre o PIB há sete trimestres consecutivos.

(Reportagem de Lucia Mutikani)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: