Vendas no varejo da zona do euro ficam abaixo do esperado em abril com queda em alimentos

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


BRUXELAS (Reuters) – As vendas no varejo da zona do euro ficaram bem abaixo do esperado em abril, de acordo com dados divulgados sexta-feira, pressionados principalmente pela redução das compras de alimentos, bebidas e tabaco.

A agência de estatísticas da UE disse que o volume de vendas no varejo nos 19 países que compartilham o euro caiu 1,3% em abril sobre o mês anterior, com aumento de 3,9% na comparação anual. Economistas consultados pela Reuters esperavam altas de 0,3% e 5,4% respectivamente.

As vendas no varejo subiram nos primeiros três meses do ano.

A Eurostat disse que as vendas de alimentos, bebidas e tabaco caíram 2,6% no mês, enquanto os produtos não-alimentícios recuaram 0,7%, apesar de um aumento de 3,4% nas vendas online e por correio. As vendas de combustíveis aumentaram 1,9%.

A queda foi particularmente acentuada na Alemanha, a maior economia da zona do euro, onde as vendas caíram 5,4% no mês. A Eslovênia e a Letônia também apresentaram fraqueza, enquanto as vendas na Espanha, Luxemburgo, Irlanda e Malta ganharam.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

(Reportagem de Jan Strupczewski)

((

Compartilhe esta publicação: