Amazon aumentará preços do serviço Prime em até 43% ao ano na Europa

Os clientes da Amazon na Alemanha vão ver os preços da taxas de assinatura anual do Prime aumentarem 30%, para 89,90 euros

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Pascal Rossignol/Reuters
Pascal Rossignol/Reuters

Logo da Amazon

Acessibilidade


A Amazon.com elevará o preço de seu serviço de entrega e streaming Prime na Europa em até 43% ao ano, disse a varejista na segunda-feira, dias antes de divulgar resultados financeiros trimestrais.

Os clientes da Amazon na Alemanha, o segundo maior mercado da empresa depois dos Estados Unidos, vão ver os preços da taxas de assinatura anual do Prime aumentarem 30%, para 89,90 euros. O terceiro mercado da empresa, o Reino Unido, terá um aumento de 20%, para 95 libras, enquanto os sites da Amazon que cobrem Espanha, Itália e França cobrarão dos membros Prime entre 39% e 43% mais anualmente.

As alterações vão entrar em vigor a partir de 15 de setembro, quando os membros novos ingressarem no serviço ou renovarem seus planos.

A Amazon citou “aumento da inflação e dos custos operacionais”, bem como entrega mais rápida e mais conteúdo para o serviço de streaming em declaração sobre os aumentos de preços, os primeiros desde 2018 para alguns dos países. “Continuaremos trabalhando para garantir que o Prime ofereça valor excepcional aos membros”, afirmou.

Em abril, a Amazon registrou seu primeiro prejuízo trimestral em sete anos devido a ventos contrários, incluindo salários mais altos, custos crescentes de gás e uma perda não realizada de sua participação na Rivian Automotive.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

No trimestre encerrado em junho, o valor desse investimento caiu mais 4 bilhões de dólares. A Ford, também investidora da Rivian, vendeu recentemente algumas de suas ações na companhia.

A Amazon disse que continua comprometida em trabalhar com a Rivian, “um importante parceiro” que a ajudará a colocar milhares de vans de entrega elétricas nas estradas dos EUA em 2022.

Analistas, em média, esperam lucro líquido de 1,38 bilhão de dólares para os resultados trimestrais da Amazon, de acordo com dados compilados pelo IBES, da Refinitiv. A empresa divulga seu balanço na quinta-feira.

Compartilhe esta publicação: