Ibovespa abre em alta com mercado avaliando decisão do Copom

Mercado reage com otimismo a sinalização do Banco Central de diminuir o aperto monetário em setembro; varejistas sobem

Redação
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


No primeiro pregão após o Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central) elevar a Selic para 13,75% ao ano, o Ibovespa iniciou a sessão em alta de 1,20%, aos 105.109 pontos, por volta das 10h25 de hoje (4).

O Banco Central subiu a taxa básica de juros em 0,50 ponto percentual pela segunda vez consecutiva, maior patamar desde janeiro de 2017. O mercado reage com otimismo a possibilidade da autarquia realizar um menor aperto monetário em setembro.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

“Agora os investidores ficam no aguardo da ata do Copom na semana que vem, que deve vir em linha com o comunicado. Apesar da menor magnitude, acredito que o BC não deverá sinalizar ‘o fim do ciclo de elevação da taxa de juros'”, explica Cassiano Konig, sócio-fundador da GT Capital.

As ações de varejistas são destaques nesta manhã, com Méliuz (CASH3) subindo 9,74%, Magazine Luiza (MGLU3) 7% e Via (VIIA3) 6%.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Em Wall Street, o Dow Jones futuro opera em leve alta de 0,06%, aos 32.793 pontos. O S&P 500 e o Nasdaq seguem o mesmo patamar positivo, com valorizações de 0,16%, aos 4.163 pontos, e 0,28%, aos 13.309 pontos.

Por lá, dados mostraram que o setor de serviços do país apresentou recuperação inesperada no mês de julho, em meio ao forte crescimento de encomendas. O número sustenta a interpretação de que a economia não está em recessão, apesar da queda na produção no primeiro semestre do ano.

Segundo o Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, na sigla em inglês), o PMI não manufatureiro acelerou para uma leitura de 56,7 no mês passado, encerrando três quedas consecutivas.

Com o otimismo em NY também visto no fechamento da véspera, as Bolsas asiáticas encerraram o dia majoritariamente em alta. Outro ponto que animou os investidores foi o fim da visita de Nancy Pelosi à Taiwan, que diminuiu a tensão gerada entre EUA e China.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng avançou forte, com alta de 2,06%. Em Tóquio, o Nikkei subiu 0,69% e, em Seul, o Kospi valorizou 0,47%. Na China, o Xangai subiu 0,80% e o Shenzhen, +0,86%. Já em Taiwan, o Taiex caiu 0,51%.

O dólar comercial apresenta queda frente ao real, com desvalorização de 0,22%, a R$ 5,2663.

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: