Cristina Betts assume como primeira CEO mulher do Grupo Iguatemi

Movimentação leva a cabo plano de reestruturação da empresa, que também prevê a incorporação dos seus papéis pela holding Jereissati.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Leonardo Rodrigues/ Divulgação
Leonardo Rodrigues/ Divulgação

Cristina Betts, ex-CFO do Grupo Iguatemi, assumiu na última segunda-feira (3) o cargo de CEO

Acessibilidade


A executiva Cristina Betts assumiu na última segunda-feira (3) o cargo de presidente do Grupo Iguatemi, rede de shoppings de alto padrão que atualmente administra treze centros de compras e dois outlets. Com a movimentação, Betts sucede a Carlos Jereissati Filho, cuja família fundou a empresa em 1966. Ele continua no conselho de diretores da empresa. A executiva, que ingressou no grupo em 2008, já atuava como co-CEO desde outubro de 2012. Antes disso, ela também ocupou a posição de CFO, sendo responsável pelos departamentos de finanças, tecnologia, gestão e planejamento estratégico. 

A mudança na liderança faz parte de uma reestruturação da empresa, anunciada inicialmente em junho de 2021. Na ocasião, o Grupo Iguatemi informou seus planos de incorporação de seus papéis pela Jereissati, holding que controla a empresa. O objetivo do movimento é aumentar a liquidez das ações e a capacidade de crescimento do Iguatemi. “Não faríamos algo assim se não soubéssemos que poderíamos ter um crescimento relevante”, disse Betts na época a analistas em teleconferência para detalhar a operação.

SAIBA MAIS: Iguatemi prevê dobrar de tamanho após reestruturação societária

Antes do Iguatemi, Cristina Betts ocupou posições no Grupo Fleury, Swiss Re e TAM. Atualmente, a executiva também faz parte do Conselho de Administração da B3, do Comitê de Finanças da Votorantim Cimentos e do Conselho Fiscal da Rumo.

Compartilhe esta publicação: