WeWork e Softbank anunciam joint venture na América Latina

Parceria reflete os esforços da empresa de espaços de trabalho flexíveis para expandir as operações na região.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Divulgação/WeWork
Divulgação/WeWork

O anúncio reflete os esforços contínuos da WeWork para se recuperar das perdas registradas durante a pandemia de Covid-19

Acessibilidade


A norte-americana WeWork, especializada em soluções de espaços de trabalho flexíveis, anunciou hoje (26) a criação de uma joint venture com o fundo de investimentos SoftBank Latin America Fund. O acordo fornece ao fundo o direito exclusivo de operar a marca WeWork na Argentina, Brasil, Chile, Colômbia e México. A joint venture será liderada por Claudia Woods, que se junta à equipe, após atuação como CEO da Uber no Brasil.

O anúncio reflete os esforços contínuos da WeWork para se recuperar das perdas registradas durante a pandemia de Covid-19 e otimizar os mercados internacionais com a expansão dos negócios na América Latina, onde abriu sua primeira unidade na Cidade do México, em 2016. Em apenas cinco anos, a empresa já estava com 90 unidades espalhadas por 18 cidades da região.

LEIA MAIS: WeWork teve prejuízo de US$ 3,2 bilhões no ano passado

A parceria estratégica com o SoftBank posiciona a WeWork rumo ao crescimento no mercado latino-americano nos próximos anos. “A operação é exemplo do progresso da WeWork na otimização de nossos mercados internacionais. Encontramos o parceiro certo no Softbank Latin America Fund para levar nossos negócios adiante com sucesso”, afirma Sandeep Mathrani, CEO da WeWork.

Do outro lado, o SoftBank acredita que, com o investimento, vai fortalecer os ganhos do fundo, dedicado a acelerar a inovação focada em tecnologia e definir o futuro da América Latina. “Como parte do processo para selecionar empresas excepcionais para o portfólio, vimos na WeWork um grande potencial para alavancar nosso capital e experiência operacional. O espaço de trabalho flexível é uma megatendência global com grande potencial de crescimento na América Latina, e estamos ansiosos para ampliar as ofertas na região”, disse Marcelo Clauro, chairman da WeWork e CEO do SoftBank Group International.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O fundo local do SoftBank conta com US$ 5 bilhões em recursos.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: